Ghost Reveries

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ghost Reveries
Álbum de estúdio de Opeth
Lançamento União Europeia 29 de agosto de 2005
Estados Unidos 30 de agosto de 2005
Gravação 15 de março – 1 de junho de 2005
Gênero(s) Death metal progressivo
Duração 66:46
70:01 (special edition)
Gravadora(s) Roadrunner
Produção Opeth
Cronologia de Opeth
Último
Último
Damnation
(2003)
Watershed
(2008)
Próximo
Próximo
Capa da Special Edition
Singles de Ghost Reveries
  1. "The Grand Conjuration"
    Lançamento: 26 de julho de 2005


Ghost Reveries é o oitavo álbum da banda sueca de death metal progressivo Opeth. Foi o primeiro álbum com a nova gravadora, Roadrunner Records. Esse álbum é similar ao estilo de Deliverance. Entetanto, ele mantém os elementos atmosféricos de Damnation com vocais limpos que seguem uma qualidade mais gótica do que aquilo que foi ouvido em aplicações anteriores.

Também foi o primeiro álbum do Opeth a incluir Per Wiberg como um membro "permanente", ainda que Wiberg já contribuía com o teclado em concertos ao vivo do Opeth desde a época de Deliverance. Também foi o último álbum da banda a ter a participação do guitarrista Peter Lindgren e do baterista Martin Lopez.[1]

Gravação e Recepção[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg link
Alternative Press 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg link
Blabbermouth.net 10 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg link
Chronicles of Chaos 9 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg link
Kerrang! 5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svg link
MusicEmissions 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg link
Pitchfork Media 8.4 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg link
PopMatters 9 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg link
Sputnikmusic 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg link
Terrorizer 9.5 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg link

O álbum foi gravado no Fascination Street Studios em Örebro, Suécia. Sua arte de capa foi feita por Travis Smith, que já havia trabalhado com a banda em lançamentos anteriores. Seu lançamento foi realizado na Europa em 29 de agosto de 2005 e na América do Norte no dia seguinte e alcançando o número 64 na Billboard 200.[2] O álbum foi ranqueado número 54 na edição de outubro de 2006 da revista Guitar World na lista dos 100 Maiores Álbuns de Guitarra de Todos os Tempos, número 12 na lista dos 100 Melhores Álbuns Progressivos de Todos os Tempos da Metal Storm, número 42 nos 100 Melhores Álbuns de Metal da Década da Decibel, um dos 10 Álbuns Essenciais do Rock Progressivo da Década pela Classic Rock.[3] [4] [5] [6]

O único single do álbum é "The Grand Conjuration". Um videoclipe da canção tinha sido lançado, embora cerca da metade da canção foi editada devido à sua duração.

Conceito[editar | editar código-fonte]

Ghost Reveries foi inicialmente destinado a ser um álbum conceitual, com inúmeras faixas ligando juntas uma história do tumulto de um homem após matar a sua própria mãe. No entanto, Mikael Åkerfeldt afirma que ele queria a faixa "Isolation Years" no álbum apesar de sua irrelevância para a trama. Portanto, o álbum retrata apenas parcialmente um conceito, não totalmente dispostos em forma poética, como as versões anteriores, tais como Still Life e My Arms, Your Hearse.

Special edition[editar | editar código-fonte]

Uma edição especial do álbum foi lançada pela Roadrunner Records em 31 de outubro de 2006. Ela é embalada em um grande digipak e contém um CD e um DVD, ao lado de uma nova arte de capa e um livreto prorrogado apresentando uma arte extra do álbum e uma carta de Mikael Åkerfeldt. O CD contém as faixas originais do álbum bem como uma cover bônus de "Soldier of Fortune" por Deep Purple, que foi gravada como uma fita ao vivo com o novo baterista da banda, Martin Axenrot. O DVD contém um som Dolby 5.1 Surround (apesar de não incluir a faixa bônus), um documentário de 40 minutos e um videoclipe de "The Grand Conjuration". Esse documentário detalha o making of de Ghost Reveries, oferecendo um olhar nos bastidores da vida do dia-a-dia da banda durante a gravação e turnê.[7]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as letras escritas por Mikael Åkerfeldt, todas as músicas compostas por Opeth.

N.º Título Nota Duração
1. "Ghost of Perdition"   Nota 1 10:29
2. "The Baying of the Hounds"   Nota 2 10:41
3. "Beneath the Mire"     7:57
4. "Atonement"     6:28
5. "Reverie/Harlequin Forest"   Nota 3 11:39
6. "Hours of Wealth"     5:20
7. "The Grand Conjuration"     10:21
8. "Isolation Years"     3:51

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. "Ghost of Perdition" está incluida na trilha sonora do jogo Saint's Row 2 na estação de rádio Krunch 106.66.[8]
  2. "The Baying of the Hounds" é parcialmente inspirada pela letra da canção "Diana" do álbum First Utterance do Comus. A letra é "And she knows by the sound of the baying, by the baying of the hounds."[9] [10]
  3. "Reverie" é um pregap a "Harlequin Forest." Em todos os CD players modernos, o pregap para qualquer faixa (exceto a primeira) será exibido como o fim da faixa anterior. Nesse caso, "Reverie" poderia ser vista equivocadamente como uma "faixa oculta" para a quarta faixa, "Atonement". Se o ouvinte "regressa" a partir do início da faixa cinco em um CD player moderno, um tempo negativo vai aparecer no visor, que é o pregap de "Reverie". "Reverie" deve começar a tocar em cerca de 5:23 em "Atonement" ou -1:05 antes de "Harlequin Forest."

Créditos[editar | editar código-fonte]

Opeth[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

  • Jens Bogren – mixador, engenheiro, co-produtor
  • Rickard Bengtsson – gravação
  • Anders Alexandersson – gravação
  • Niklas Kallgren – gravação
  • Thomas Eberger – masterização

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Peter Lindgren e Martin Lopez deixam o Opeth. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  2. Ghost Reveries Number 64 on the Billboard. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  3. 100 Maiores Álbuns de Guitarra de Todos os Tempos da Guitar World. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  4. 100 Melhores Álbuns Progressivos de Todos os Tempos da Metal Storm. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  5. 100 Melhores Álbuns de Metal da Década da Decibel. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  6. 10 Álbuns Essenciais do Rock Progressivo da Década da Classic Rock. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  7. Ghost Reveries Special Edition. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  8. Saints Row 2 Soundtrack. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  9. The Baying of the Hounds lyrics, by Opeth. Página visitada em 7 de agosto, 2010.
  10. Diana lyrics, by Comus. Página visitada em 7 de agosto, 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]