Giacomo Russo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giacomo Russo
Informações pessoais
Nacionalidade Itália Italiana
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1964-1966
Equipes 3 (Brabham, Rob Walker e Lotus)
GPs disputados 3 (2 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP GP da Itália, Monza, 1964
(Não-classificado)
Último GP GP da Itália, Monza, 1966
(nono lugar)

Giacomo Russo (Milão, 23 de outubro de 1937 - Caserta, 18 de junho de 1967), mais conhecido por "Geki", foi um piloto italiano de Fórmula 1.

Disputou apenas três corridas pela categoria, todas realizadas na Itália. Na edição de 1964, pilotando um Brabham-BRM, não se classificou, e se classificou para as duas corridas nos anos seguintes.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Nas estatísticas da F-1, o sobrenome "Russo" jamais foi citado. Por este motivo, Geki é o único piloto cujo apelido é considerado legal para tais números.

Morte[editar | editar código-fonte]

Geki morreu em Caserta, no dia 18 de junho de 1967, em um múltiplo acidente na Fórmula 3, envolvendo seus compatriotas Ernesto Brambilla (irmão de Vittorio Brambilla), Romano Perdomi ("Tigre") e Corrado Manfredini, o suíço Clay Regazzoni e o alemão Jurg Dubler. O Matra de Geki ficou destruído e pegou fogo logo depois, matando-o em decorrência das queimaduras. Perdomi também acabou morrendo na tragédia.

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.