Gito, l'ingrat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Gito
Burundi
1992 • Cor • 87´ min 
Direção Léonce Ngabo
Elenco Joseph Kumbela
Marie Bunel
Aoua Sangare
Eric Depreter
Género Comédia
Idioma Francês e Kirundi
Distribuição Marfilmes
Página no IMDb (em inglês)

Gito, l'ingrat (1992) é um filme do Burundi realizado por Léonce Ngabo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gito é um estudante do Burundi que vive em Paris. Quanto termina os estudos, decide voltar ao seu país e promete à sua namorada francesa ligar-lhe quando se tornar Ministro, algo que não tem dúvidas que vá acontecer. No entanto, perde gradualmente a sua ambição à medida que vai sendo confrontado com a realidade do país. Recomeça então a sair com o seu amor de infância. Apesar de tudo, ele encontrará uma saída inesperada para as suas desilusões, com a ajuda das duas mulheres da sua vida.

Ficha artística[editar | editar código-fonte]

  • Joseph Kumbela
  • Marie Bunel
  • Aoua Sangare
  • Eric Depreter

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

  • Realizador: Léonce Ngabo
  • Produção: Jacques Sandoz, Films Production
  • Director de fotografia: Matthias Kälin
  • Montagem: Dominique Roy
  • Som: Ricardo Castro
  • Música: Pierre-Alain Hofmann
  • Guarda Roupa: Salika Wenger
  • Maquilhagem: Anouk Israel

Festivais[editar | editar código-fonte]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Russel, Sharon A., Guide to African Cinema, 1998, pp. 68-70

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]