Gitta Sereny

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gitta Sereny CBE (Viena, 13 de março de 1921Cambridge, 14 de junho de 20121 ) foi uma historiadora, escritora e jornalista austríaca, de origem húngara. Em seus livros, focou o enredo em histórias sobre o holocausto e abuso de crianças.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • The Case of Mary Bell: A Portrait of a Child Who Murdered (1972)
  • Into That Darkness: from Mercy Killing to Mass Murder, a study of Franz Stangl, the commandant of Treblinka (1974)
  • The Invisible Children: Child Prostitution in America, West Germany and Great Britain (1984)
  • Albert Speer: His Battle with Truth (1995)
  • Cries Unheard: The Story of Mary Bell (1998)
  • The German Trauma: Experiences and Reflections, 1938-2001 (2002)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.