Giuseppe Patroni Griffi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giuseppe Patroni Griffi: retrato - Augusto De Luca

Giuseppe Patroni Griffi (Nápoles, 27 de dezembro de 1921Roma, 15 de dezembro de 2005) foi um dramaturgo, roteirista e diretor de cinema italiano.

De aristocrática família napolitana, Patroni Griffi é considerado um dos mais importantes contribuidores para o teatro e cinema italiano. Diretor artístico doTeatro Eliseo de Roma (2002-2005), a sua memória foi decidido dedicar o teatro.

Patroni Griffi também participou em várias produções televisivas de ópera, incluindo La Traviata, de Giuseppe Verdi e Tosca, de Giacomo Puccini. Suas inúmeras produções teatrais incluem obras de Pirandello, Eduardo De Filippo, Jean Cocteau e Tennessee Williams.

Como escritor, publicou Ragazzo di Trastevere, uma coleção de histórias curtas, em 1955.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Como diretor
Como roteirista
  • Canzoni di mezzo secolo (1952)
  • Canzoni, canzoni, canzoni (1953)
  • I magliari (1959)
  • Lettere di una novizia (1960)
  • La ragazza con la valigia (1961)
  • Il mare (1962)
  • Anima nera (1962)
  • I cuori infranti (1963) (episódio: La manina di Fatma)
  • Le streghe (1967) (episódio: La strega bruciata viva)
  • C'era una volta… (1967)
  • Metti una sera a cena (1969)
  • Addio, fratello crudele (1971)
  • D'amore si muore (1972)
  • Identikit (1974)
  • Divina creatura (1975)
  • La romana (1988) (TV)
  • Femmina (1998)

Peças de teatro[editar | editar código-fonte]

  • D'amore si muore
  • In memoria di una signora amica
  • Metti, una sera a cena
  • Prima del silenzio
  • Persone naturali e strafottenti
  • Anima nera
  • Una tragedia reale
  • Napoli notte e giorno di Raffaele Viviani con Angela Luce e Mariano Rigillo
  • Napoli chi resta chi parte di R. Viviani (1975) con Angela Luce e Massimo Ranieri
  • Walzer dei cani di L. N. Andreev (1977)
  • Nata ieri (1996)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]