Glândula de Bartholin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Glândula de Bartholin
Skenes gland-português.jpg
A glândula de Bartholin é a última listada.
Gray's assunto #270 1266
Vascularização Artéria pudenda interna
Inervação Nervo ilioinguinal
Drenagem linfática Linfonodos inguinais superficiais
Precursor Seio urogenital
MeSH Bartholin's+Glands

As glândulas de Bartholin ou glândulas vestibulares maiores são glândulas alojadas na parede vaginal, duas, com função de efetuar a lubrificação do canal vaginal, preparando-o para o ato sexual. Possuem um tamanho aproximado entre 0,5 e 1,0 cm e estão localizadas profundamente na entrada da vagina (vulva).

As alterações inflamatórias secundárias à infecção local e obstrução do ducto da glândula, formando cistos, são as causas dos problemas mais comuns de queixas relacionadas a doenças destas glândulas.

Os tumores originados nessas glândulas são extremamente raros (carcinoma da glândula de Bartholin).

As obstruções não inflamatórias dos ductos geralmente são de origem traumática, secundárias a traumatismos do períneo, lacerações obstétricas (passagem da criança durante o parto) ou a episiotomia (corte cirúrgico realizado para facilitar a saída do bebê durante o parto).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.