GlassFish Metro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Metro é uma pilha de código aberto para serviços web que é parte do projeto GlassFish, assim ele também pode ser usado em uma configuração isolada.[1] Componentes do Metro incluem a IR JAXB, IR JAX-WS, IR SAAJ, SJSXP e WSIT. Ele está disponível sob a licença CDDL e GPLv2 (com exceção do classpath).[2]

É patrocinado pela Oracle.

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente, o projeto GlassFish desenvolveu dois projetos semi-independentes:

  • A IR JAX-WS, a Implementação de Referência da especificação JAX-WS
  • WSIT, uma implementação Java de algumas das WS-* e um maior apoio para interoperabilidade com o Framework .NET. É baseado na IR JAX-WS como "camada de Serviço Web".

Em Junho de 2007, foi deliberado fundir esses dois componentes em um único componente denominado Metro.[1]

Fatia de mercado[editar | editar código-fonte]

Metro é empacotado com o Java SE 6 para que permitir que usuários do Java SE 6 consumam Serviços Web.[2]

O Metro vem com vários Servidores de Aplicação[3] como:

A implementação de referência JAXB desenvolvida para o Metro é usada em todo framework de Serviço Web Java (Apache Axis2, Codehaus XFire, Apache CXF) e Servidores de Aplicação virtualmente.

Funcionalidades[editar | editar código-fonte]

Metro compara-se bem com outros frameworks de serviços web em termos de funcionalidade. Uma comparação é fornecida por Codehaus em [4], que compara o Apache Axis 1.x, Axis 2.x, Celtix, Glue, JBossWS, Xfire 1.2 e a IR JAX-WS + WSIT (o pacote ainda não tinha sido nomeado como Metro neste momento).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Metro: Discover Metro. Metro.dev.java.net.
  2. Metro: Metro FAQ. Metro.dev.java.net.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]