Glicação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Glicação é o processo de soma entre uma proteína e um carboidrato, tal qual a glicose, sem a ação controladora de uma enzima. É a principal causa de doenças clínicas vasculares em pacientes diabéticos. A glicaçãoo aumentada de proteínas no cristalino pode causar o desenvolvimento de catarata. Colagénio, laminina, vitronectina e outras proteínas da matriz podem ser glicadas e sofrer alterações em suas propriedades biológicas como auto-agregacao e ligação a outras proteínas da matriz. Proteínas glicadas e lipoproteínas também podem ser reconhecidas por receptores presentes em macrófagos, que estão intimamente envolvidos na formação de placas arterioescleróticas. Bem provável que este fenómeno favoreça a arterioesclerose em pacientes diabéticos. O composto aminoguanidina inibe a formação de produtos glicosados e está sendo testado por sua capacidade de impedir as complicações diabéticas.

Se juntar a proteína do leite e açúcar e aquecer essa mistura no fogão , logo surgirá o caramelo.Algo parecido ocorre em nosso corpo, quando o mesmo atinge certa temperatura e encontra-se rico nessa mistura, o que danifica as células e favorece o aparecimento de doenças.. Desde os anos 80 percebe-se que o processo de interação entre as proteínas do leite e açúcar esta interligado ao processo de envelhecimento e surgimento de doenças como o Alzheimer, Parkinson e mesmo as rugas, tão comum na velhice, isso ocorre devido a perda de elasticidade e flexibilidade das nossas células causada pela caramelização de suas proteínas.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Manual de bioquímica com correlações químicas 4.ª Ediçao - Devlin Pag. 447 Correlação Clínica 13.6
Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.