GnuTLS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
GnuTLS
Desenvolvedor Free Software Foundation
Versão estável 3.0.11 (06-jan-2012)
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Biblioteca de segurança
Licença LGPL
Página oficial www.gnutls.org

GnuTLS (GNU Transport Layer Security Library) é um implementação de software livre dos protocolos SSL e TLS. Sua proposta é oferecer uma API (Interface de Programação de Aplicativos) para permitir aplicações com protocolos de comunicação seguros em sua camada de transporte de rede. GnuTLS tem as seguintes características:

  • Protocolos SSL 3.0, TLS 1.0, TLS 1.1 e TLS 1.2;
  • Datagram TLS (DTLS) 1.0
  • Protocolo de senha remota segura (SRP) para autenticação TLS;
  • Pre-Shared Key (PSK) para autenticação TLS;
  • Mecanismo para extensão do TLS;
  • Compressão do TLS;
  • Manipulação dos certificados X.509 e OpenPGP.

GnuTLS usa a licença Lesser GPL e algumas partes usam a licença GPL.

GnuTLS foi inicialmente criado para permitir aplicações do projeto GNU a usarem protocolos seguros como o TLS. Embora o OpenSSL já existia, sua licença não é compatível com a GPL [1] , assim softwares GPL não poderiam usá-lo.

GnuTLS é usado por softwares como GNOME, Centericq, Exim, Mutt, Slrn, Lynx e CUPS. [1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Mark McLoughlin (2004-06-22). The OpenSSL Licence and The GPL. Página visitada em 2007-06-25.

Tradução da Wikipédia em inglês, baixo a GFDL