Goldfrapp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Goldfrapp
Goldfrapp at the Wireless Festival 2006 (1).jpg
A banda em concerto em 2006
Informação geral
Origem Londres, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Electropop, synthpop, música ambiente, Trip hop, Folktronica,
Período em atividade 1999 — atualmente
Gravadora(s) Mute, EMI, Virgin
Página oficial www.GoldFrapp.com
Integrantes Alison Goldfrapp, Will Gregory

Goldfrapp é uma banda britânica de música eletrônica conhecida pelo visual teatral, é integrada por Alison Goldfrapp (vocais/sintetizador) e Will Gregory (sintetizador). Foi formada em 1999 em Londres. Apesar de seu estilo musical ter mudado durante a carreira, o lado eletrônico sempre foi explorado. Certas canções exploram diferentes culturas na música da banda, como cabaré ("Satin Chic"), electroclash ("Slide In", "Koko"), música folclórica ("Clowns") e bossa nova ("Human").

Apesar das críticas favoráveis e uma indicação para o Mercury Prize, o som ambiente do álbum Felt Mountain, de 2000 não alcançou boas posições nos charts.[1]

O segundo álbum, Black Cherry, que inclui sons glam rock e synthpop na música, foi lançado em 2003. O álbum foi bem sucedido nos clubes noturnos na América do Norte e influenciou o mesmo estilo dance do terceiro álbum, Supernature.[2]

Supernature levou o trabalho de Goldfrapp mais longe na dance music, e apreciou sucesso nas paradas internacionais. De Supernature foram produzidos três singles dance número um nos EUA, e foi indicado para "Melhor Álbum Eletronico/Dance" no 49º Prêmio Grammy.[3]

O quarto álbum, Seventh Tree, tem uma maior ênfase em música ambiente e downtempo, trazendo inspiração da natureza e do paganismo. O resultado foram os hits "A&E" e "Happiness".[4]

Em 2010, a banda lançou o álbum "Head First", e conseguiram, novamente, duas indicações ao Grammy Awards, nas categorias "Melhor Album Eletronico/Dance" e "Melhor Gravação Dance", pelo hit "Rocket".

História[editar | editar código-fonte]

Formação (1999)[editar | editar código-fonte]

Alison Goldfrapp começou sua carreira musical no início da década de 1990 como vocalista convidada na banda de música eletrônica Orbital e com o artistas de trip hop Tricky.[5] Em 1999, ela foi apresentada ao compositor Will Gregory após ele ter ouvido versões da canção "Human". Ele sentiu uma conexão com Alison e a convidou para gravar uma demo para a trilha sonora de um filme que ele estava compondo, a fim de saber se eles poderiam trabalhar juntos no futuro.[6] A demo nunca foi completada, mas a sessão de gravação foi agradável. Seguindo meses de telefonemas, a dupla resolveu formar uma banda, apresentando-se com o sobrenome de Alison, Goldfrapp.[6]

em agosto de 1999, a banda assinou contrato com a gravadora inglesa Mute Records.[7] Começaram então a gravar para o álbum debut por cerca de seis meses, a começar por setembro de 1999.[7]

Felt Mountain (2000-2002)[editar | editar código-fonte]

O álbum debut da banda Felt Mountain foi lançado em setembro de 2000 e apresentou os compactos "Lovely Head", "Utopia", "Pilots (On a Star)" e "Human". O álbum foi influenciado por uma variedade de estilos musicais, como o cabaré, a música folclórica e a música eletrônica.[8] Foi bem recebido pela crítica musical, e recebeu disco de ouro no Reino Unido.

Para promover Felt Mountain, o Goldfrapp entrou em turnê pela Europa e na América do Norte, em suporte a bandas alternativas como Nick Cave and the Bad Seeds e Doves.

Black Cherry (2003-2004)[editar | editar código-fonte]

O segundo álbum do Goldfrapp Black Cherry foi lançado em abril de 2003. Seu conteúdo focou mais a dance music e o glam rock. Com boas vendas, atingiu disco de platina no Reino Unido. O primeiro compacto lançado foi "Train", seguido de "Strict Machine", "Twist", "Black Cherry" e "Strict Machine '04".

Em 2004, a banda entrou em turnê passando por Austrália, Japão, Europa e América do Norte em suporte do Duran Duran,[9] .

Supernature (2005-2006)[editar | editar código-fonte]

Supernature foi lançado em agosto de 2005, sendo o terceiro álbum de estúdio do grupo. Estreando na segunda posição das paradas britânicas, vendeu cerca de 52 mil cópias em sua primeira semana de vendas.[10] Eventualmente, vendeu um milhão de cópias mundialmente, e recebeu disco de platina no Reino Unido.[11]

"Ooh La La" foi o primeiro compacto do álbum, sendo a primeira canção da banda a apresentar uma guitarra elétrica[2] . Em seguida foram lançados os compactos "Number 1", "Ride a White Horse" e "Fly Me Away".

We Are Glitter (2006)[editar | editar código-fonte]

Em 2006, o Goldfrapp lançou We Are Glitter, uma compilação somente para a América do Norte com remixagens de Supernature. Ele inclui a remixagem do Flaming Lips para "Satin Chic".

Seventh Tree (2007 - 2009)[editar | editar código-fonte]

O Goldfrapp começou a compor e gravar para o quarto álbum no final de 2006, na Inglaterra. Resultado do trabalho, o álbum Seventh Tree foi lançado em 25 de fevereiro de 2008[4] , e estreou na segunda posição das paradas britânicas. O álbum varia de pop e música eletrônica misturado com Supernature. O primeiro compacto, A&E foi lançado em 11 de fevereiro de 2008.O segundo single, Happiness foi lançado em 14 de abril e alcançou o número vinte e cinco no Reino Unido. O terceiro single, Caravan Girl, está para ser lançado em 30 de 2008. Em 2009 o duo participou da produção do álbum da cantora Christina Aguilera, Bionic, mas por causa dos atrasos na entrega das músicas por conta de estarem produzindo o Head First na mesma época e ainda estarem em turnê, as músicas não foram finalizadas a tempo de entrar no álbum.

Head First (2010 - 2011)[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de Março de 2010, a banda lançou "Rocket", o primeiro single do álbum "Head First", lançado no dia 22 do mesmo mês. "Rocket" alcançou o Top 50 no Reino Unido, e o primeiro lugar na parada Dance dos EUA. A música foi indicada ao Grammy Awards de "Melhor Gravação Dance". "Alive" foi lançado como segundo single, e conseguiu alcançar o primeiro lugar na parada Dance americana, mas não alcançou boa posição no Reino Unido. "Believer" foi o último single do álbum, e ficou na trigésima primeira posição na parada Dance dos EUA. O álbum "Head First" foi aclamado pela crítica e recebeu indicação de "Melhor Album Eletronico/Dance" no Grammy Awards.

The Singles (2012)[editar | editar código-fonte]

O contrato do duo com a gravadora iria se encerrar em 2012, com isso eles resolveram encerrar o contrato lançando o "The Singles", uma compilação dos Singles com duas músicas inéditas "Yellow Halo" e "Melancholy Sky". Dentro da compilação se encontram quase todos os Singles ficando apenas de fora "Pilots (On A Star)", "Human", "Twist", "Caravan Girl" e "Alive". O lançamento da compilação foi anunciado para o dia 6 de Fevereiro no Reino Unido e no Brasil dia 29 de Fevereiro.

Tales Of Us (2013 - Presente)[editar | editar código-fonte]

No final da Head First Tour, o duo começou a compor o novo álbum, no dia 10 de Junho foi anunciado o novo álbum e anunciado que ele teria 5 clipes (Drew, Annabel, Jo, Laurel e Stranger), contos de pessoas reais e fictícias. Diferente do último álbum "Head First", o Tales Of Us tem a sonoridade similar ao Seventh Tree e ao Felt Mountain. Todos as músicas possuem nomes de pessoas, exceto por "Stranger". Tales Of Us também foi o álbum mais demorado do duo em termos de produção, a produção mais demorada até então era o do Seventh Tree que ficou 1 ano no forno, já o Tales Of Us ficou 2 anos, o dobro. Apesar dos vídeos, até então não foi lançado nenhum single, Alison Goldfrapp disse que o Tales Of Us é um todo, que seria injusto dar mais publicidade a um personagem do que os outros, e que só não fez vídeos para todas as músicas por que o orçamento não ajudou.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns de remixes[editar | editar código-fonte]

Álbuns de Compilações[editar | editar código-fonte]

Alison Goldfrapp em concerto com a banda no Wireless Festival, 2006

Compactos[editar | editar código-fonte]

Retirados de Felt Mountain
  • "Lovely Head" (2000)
  • "Utopia" (2000)
  • "Human" (2001)
  • "Utopia (Genetically Enriched)" (2001)
  • "Pilots (On a Star)"/"Lovely Head" (2001)
Retirados de Black Cherry
  • "Train" (2003)
  • "Strict Machine" (2003)
  • "Twist" (2004)
  • "Black Cherry" (2004)
  • "Strict Machine '04" (2004)
Retirados de Supernature
  • "Ooh La La" (2005)
  • "Number 1" (2005)
  • "Ride a White Horse" (2006)
  • "Fly Me Away" (2006)
Retirados de We Are Glitter
  • "Satin Boys, Flaming Chic" (2006)
Retirados de Seventh Tree
  • "A&E" (2008)
  • "Happiness" (2008)
  • "Caravan Girl" (2008)
  • "Clowns" (2008)
Retirados de Head First
  • "Rocket" (2010)
  • "Alive" (2010)
  • "Believer" (2010)

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Goldfrapp