Goleada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Goleada, no futebol, é uma "vitória por ampla diferença de gols"(Brasil)/golos (Portugal) (definição do Dicionário Houaiss) [1] .

Definição[editar | editar código-fonte]

Embora esta "ampla diferença" que caracterizaria a goleada não esteja quantificada no dicionário, a maioria dos comentaristas considera que são goleadas as vitórias a partir de três gols de diferença [2] [3] [4] . Mas há também quem considere que a goleada só se caracteriza a partir de uma diferença de quatro gols [5] . Ou ainda que a situação de goleada seria definida pela quantidade de gols marcados, e não pela diferença (mesmo que esse conceito contrarie a definição do dicionário): neste caso, 5 a 4 seria goleada, mas 3 a 0, não [6] .

Maiores goleadas[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a maior goleada registrada em jogos oficiais foi Vitória das Tabocas 34 a 0 PMPE, pelo Campeonato Pernambucano Feminino de 2013.[7]

A maior goleada do Futebol Masculino no Brasil foi Botafogo 24 a 0 Mangueira, pelo Campeonato Carioca de 1909.[8]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a maior goleada foi em 23 de maio de 1971 para a Taça de Portugal, o Sporting ganhou em casa ao Mindelense, uma equipa de Cabo Verde, então uma colónia portuguesa por 21-0.[9]

Para o campeonato nacional da 1.ª divisão em Portugal, a maior goleada foi Sporting 14 Leça 0 no dia 22 de fevereiro de 1942.[10] . Entre os grandes ( Sport Lisboa e Benfica, Sporting Clube de Portugal e Futebol Clube do Porto), a maior goleada foi a do Benfica 12 FC do Porto 2 em 7 de fevereiro de 1943 no estádio do Campo Grande, demolido há muitos anos.[11] . As maiores goleadas da seleção de Portugal foi de 8-0 por duas vezes em jogos oficiais frente ao Liechtenstein e um particular frente ao Koweit.

Resto do mundo[editar | editar código-fonte]

No futebol mundial, a maior goleada de que se tem registro é a vitória do AS Adema, de Madagascar, sobre o SOE, pelos play-offs do Campeonato Malgaxe de Futebol de 2002, pelo placar de 149 a 0.[12] No entanto, tal fato foi decorrente de um protesto dos jogadores do SOE, que revoltados com a arbitragem, começaram a chutar contra o próprio gol.Depois dessa, a maior goleada que se tem registro foi Arbroath 36 a 0 Bon Accord, pela Copa da Escócia de 1885. No mesmo dia deste jogo, pela mesma competição, o Dundee Harp derrotou por 35 a 0 o Aberdeen Rovers[13]

Entre seleções de futebol, a maior goleada foi a da Austrália 31–0 Samoa Americana, em 21 de julho de 2001, em Coffs Harbour, num jogo para a eliminatória para a Copa do Mundo de Futebol de 2002.[14] , apesar de várias goleadas (22-0 a Tonga e 11-0 à Samoa), a Austrália não logrou se classificar para o referida copa do mundo por ter sido eliminada pelo Uruguai, representante da CONMEBOL.[15]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dicionário HOUAISS, 2001, p. 1463
  2. UOL, 30/04/2012: "Bahia despacha (...) o Auto Esporte/PB com uma goleada de 3 a 0".. Página visitada em 19 de maio de 2012.
  3. Globo Esportes, 29/04/2012: "River Plate é goleado pelo Olímpico (...) por 3 a 0".. Página visitada em 19 de maio de 2012.
  4. R7 Esportes, 06/05/2012: "Santos (...) goleou o Guarani por 3 a 0".. Página visitada em 19 de maio de 2012.
  5. Roberto Avallone no UOL, 11/07/2011: "Palmeiras ganhou por 3 a 0, digamos uma quase goleada".. Página visitada em 20 de maio de 2012.
  6. Cosme Rímoli no R7 Esportes, 20/05/2012: "São Paulo foi goleado pelo Botafogo por 4 a 2".. Página visitada em 20 de maio de 2012.
  7. Panorama Esportivo PE (05/06/2013). PE FEMININO: Vitória 34x0 PMPE - A maior goleada da história do futebol brasileiro. Página visitada em 05/06/2013.
  8. Panorama Esportivo PE (05/06/2013). PE FEMININO: Vitória 34x0 PMPE - A maior goleada da história do futebol brasileiro. Página visitada em 05/06/2013.
  9. Rui Miguel Tovar (24 de maio de 2011). Sporting Acaba 21-0 mas o que interessa é Peres, 7 - Lourenço, 6 Ionline. Página visitada em 17 de julho de 2013.
  10. Sporting vs. Leça. Os recordes do 14-0 e o dos nove golos de Peyroteo Ionline (21 de fevereiro de 2012). Página visitada em 17 de julho de 2012.
  11. Benfica 12 FC do Porto 2 Zerozero.pt. Página visitada em 17 de julho de 2013.
  12. Revista Época 01/11/2002 - EDIÇÃO Nº 232 (Acessado em 07/04/2009)
  13. As duas maiores goleadas da história do futebol - Janeiro/2007
  14. Editora Abril (cop. 2012). Qual foi a maior goleada na história das Eliminatórias da Copa? Editora Brasil. Página visitada em 11 de setembro de 2013.
  15. Wikipédia. Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2002 - Repescagem CONMEBOL/OFC Wikipédia. Página visitada em 11 de setembro de 2013.