Golfo de Leão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa do Golfo de Leão

O Golfo de Leão ou do Leão (francês: golfe du Lion, por vezes traduzido erroneamente como Golfo de Lião ou Golfo de Lyon [nota 1] ) é uma pequena parte do mar Mediterrâneo situada diante do litoral arenoso das regiões francesas do Languedoc-Roussillon e da Provence, entre os Pirenéus (fronteira com a Espanha) e Toulon, segundo alguns mapas.

Os principais portos do golfo são Marselha e Toulon. Entre os rios que nele desaguam, incluem-se o Tech, o Têt, o Aude, o Orb, o Hérault, o Vidourle e o Ródano.

Esta é a área do famoso vento frio chamado Mistral.

Geodinâmica[editar | editar código-fonte]

O Golfo de Leão não é uma simples margem continental passiva: resulta da rotação anti-horária do bloco Corso-Sardenho contra o continente, datada do Oligoceno-Mioceno. Segundo alguns geólogos, há depósitos consideráveis de petróleo nos seus limites.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Em Topónimos e Gentílicos, o professor e linguista Ivo Xavier Fernandes afirma ser errado o uso das formas Lião e Lyon para o nome do golfo, já que em francês a referência é feita ao animal e não à cidade, que não é sequer costeira.[1]

Referências

  1. Fernandes, Ivo Xavier. Topónimos e Gentílicos. Porto: Editora Educação Nacional, Lda., 1941. vol. I.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]