Goya (navio)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Goya foi um cargueiro norueguês lançado ao mar em 4 de abril de 1940 e tomado pela Alemanha Nazista à época da ocupação da Noruega. O navio foi usado pelos alemães que fugiam do cerco do Exército Vermelho e acabou torpedeado por um submarino russo, vindo a afundar e matando cerca de sete mil pessoas.

História[editar | editar código-fonte]

Em 16 de abril de 1945, zarpou da península de Hel, através do Báltico, em direção ao ocidente da Alemanha, transportando militares feridos da Wehrmacht e civis que fugiam do Exército Vermelho. Após ultrapassar a península o navio foi avistado pelo submarino russo L-3 comandado por Vladimir Konovalov. Às 23:52 o capitão soviético deu a ordem de disparo.

Sete minutos após ser atingido, o Goya começou a afundar. Embora o número exato de vítimas jamais venha a ser conhecido, estima-se que morreram entre 6.200[1] e 6 700 pessoas nas águas geladas do Báltico. Apenas 183 passageiros foram resgatados, neste que é mais um dos piores desastres marítimos, em número de vítimas, não só da Alemanha - durante a Segunda Guerra Mundial, como de todos os tempos.

Pelo afundamento, o capitão Konovalov recebeu a mais alta condecoração militar de seu país, a medalha de Herói da União Soviética.

Em 16 de abril de 2003 - cinqüenta e oito anos do naufrágio - uma expedição internacional dirigida por Ulrich Restemeyer, localizou os destroços do navio no leito do Mar Báltico, a uma profundidade de setenta e seis metros.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Fritz Brustat-Naval: Unternehmen Rettung, Koehlers Verlagsgesellschaft, Hamburg, 2001, ISBN 3-7822-0829-3
  • Ernst Fredmann: Sie kamen übers Meer - Die größte Rettungsaktion der Geschichte, Pfälzische Verlagsges., ISBN 3-88527-040-4
  • Heinz Schön: Ostsee '45, Motorbuch Verlag Stuttgart, 1995, ISBN 3-87943-856-0
  • Williams, David, Wartime Disasters at Sea, 1997. ISBN 1852605650
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.