Grande Despertamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Parte de uma série da
História da teologia cristã
Bible.malmesbury.arp.jpg
Contexto

Quatro marcas da Igreja
Cristianismo primitivo · Cronologia
História do cristianismo
Teologia · Governo eclesiástico
Trinitarianismo · Não-trinitarianismo
Escatologia · Cristologia · Mariologia
Cânon bíblico: Deuterocanônicos e Livros apócrifos

Visões teológicas da história

De Civitate Dei · Sucessão Apostólica
Landmarkismo · Dispensacionalismo·Restauracionismo

Credos

Credo dos Apóstolos · Credo Niceno
Credo da Calcedônia · Credo de Atanásio

Patrística e Primeiros Concílios

Pais da Igreja · Agostinho
Nicéia · Calcedônia · Éfeso

Desenvolvimento Pós-Niceno

Heresia · Lista de heresias
Monofisismo · Monotelismo
Iconoclastia · Gregório I · Alcuíno
Fócio · Cisma Oriente-Ocidente
Escolástica · Aquino · Anselmo
William de Ockham · Gregório Palamas

Reforma

Reforma protestante
Lutero · Melâncton · Calvino
95 Teses · Justificação · Predestinação
Sola fide · Indulgência · Arminianismo
Livro de Concórdia · Reforma Inglesa
Contrarreforma · Concílio de Trento

Desde a Reforma

Pietismo · Avivamento
John Wesley · Grande Despertamento
Movimento de Santidade
Movimento Vida Superior
Pentecostalismo
Neopentecostalismo
Existencialismo
Liberalismo · Modernismo · Pós-modernismo
Concílio Vaticano II · Teologia da Libertação
Ortodoxia radical · Jean-Luc Marion
Hermenêutica · Desconstrução e religião

P christianity.svg Portal do Cristianismo


Grande Despertamento
Primeiro (c. 1730–1755)
Segundo (c. 1790–1840)
Terceiro (c. 1850–1900)
Quarto (c. 1960–1980)

Grande Despertamento se refere a alguns períodos de rápido e dramático avivamento religioso na história religiosa anglo-americana. É considerado que seu início foi em 1730. Também foi descrito como um período de revoluções no pensamento religioso norte-americano. O termo também é usado em algumas saudações para referir-se ao avivamento religioso americano assim como a Reforma protestante inspirou durante e depois de 1500, tão bem como identificar tendências religiosas comuns distintas de dentro da cultura religiosa americana.

Referências

Leitura recomendada[editar | editar código-fonte]

  • Jim Wallis; "The Great Awakening: Reviving Faith & Politics in a Post-Religious Right America"; 2008 HarperOne, ISBN 9780060558291
  • Alan Heimert; Religion and the American Mind: From the Great Awakening to the Revolution; Cambridge: Harvard University Press, 1966
  • Robert William Fogel; The Fourth Great Awakening & the Future of Egalitarianism; 2000, University of Chicago Press, ISBN 0226256626
  • Alan Heimert and Perry Miller ed.; The Great Awakening: Documents Illustrating the Crisis and Its Consequences; New York: Bobbs-Merrill, 1967
  • Frank Lambert; Inventing the Great Awakening Princeton: Princeton University Press, 1999.
  • Frank Lambert; Pedlar in Divinity: George Whitefield and the Transatlantic Revivals; Princeton: Princeton University Press, 1994
  • William G. McLoughlin; Revivals, Awakenings and Reform: An Essay on Religion and Social Change in America, 1607-1977 (1978)
  • Joseph Tracy, The Great Awakening: A History of the Revival of Religion in the Time of Edwards and Whitefield, 1997, Banner of Truth, ISBN 0851517129. This is a reprint of the original work published in 1842.
  • Harry Stout; The Divine Dramatist: George Whitefield and the Rise of Modern Evangelicalism;Grand Rapids, William B. Eerdmans, 1991