Grande Oriente do Brasil - Sergipe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Grande Oriente do Brasil de Sergipe é uma federação do Grande Oriente do Brasil, fundada em 01 de dezembro de 1989.

Grande Oriente são federações ou confederações de, no mínimo, três Lojas maçônicas que, inicialmente, não trabalhavam no mesmo rito maçonico, como eram exigidos pelas Grande Lojas.

A maçonaria (forma reduzida e usual de francomaçonaria) é uma sociedade secreta de carácter universal, cujos membros cultivam o aclassismo, humanidade, os princípios da liberdade, democracia e igualdade, fraternidade[1] [2] e aperfeiçoamento intelectual, sendo assim uma associação iniciática e filosófica. Os maçons estruturam-se e reúnem-se em células autónomas, designadas por oficinas, ateliers ou (como são mais conhecidas e correctamente designadas) Lojas, "todas iguais em direitos e honras, e independentes entre si."

O Grande Oriente do Brasil(GOB), é a mais antiga Potência Maçônica brasileira (associação de Lojas Maçônicas, também chamada de Obediência Maçônica). O GOB participou ativamente em momentos cruciais da história brasileira, como a abolição da escravatura e a proclamação da república.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Dicionário Priberam da Língua Portuguesa - Significado de maçonaria Priberam. Página visitada em 5 de maio de 2010.
  2. Maçonaria dicionário online de português. Página visitada em 5 de maio de 2010.
  3. CASTELLANI, José. História do Grande Oriente do Brasil. Brasília: Gráfica e Editora do Grande Oriente do Brasil. 1993.
Ícone de esboço Este artigo sobre Maçonaria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.