Grande Prêmio da África do Sul de 1977 (Fórmula 1)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Resultados do Grande Prémio da África Sul realizado em Kyalami a 5 de Março de 1977. Foi a primeira vitória de Niki Lauda após o grave acidente sofrido em Nurburgring, em 1976, e a última corrida de José Carlos Pace, que morreu em um acidente aéreo 13 dias depois da prova, em São Paulo. A corrida foi marcada também pelo acidente fatal de Tom Pryce, no qual morreu também o comissário de pista, Jansen Van Vuuren.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe Voltas Tempo Grid Pts
1 11 Áustria Niki Lauda Ferrari 78 1:42:21.6 3 9
2 20 África do Sul Jody Scheckter Wolf-Ford 78 +5.2 5 6
3 4 França Patrick Depailler Tyrrell-Ford 78 +5.7 4 4
4 1 Reino Unido James Hunt McLaren-Ford 78 +9.5 1 3
5 2 Alemanha Jochen Mass McLaren-Ford 78 +19.9 12 2
6 7 Reino Unido John Watson Brabham-Alfa Romeo 78 +20.2 11 1
7 19 Itália Vittorio Brambilla Surtees-Ford 78 +23.6 14
8 12 Argentina Carlos Reutemann Ferrari 78 +26.7 8
9 22 Suíça Clay Regazzoni Ensign-Ford 78 +46.2 16
10 28 Brasil Emerson Fittipaldi Fittipaldi-Ford 78 +1:11.7 9
11 18 Áustria Hans Binder Surtees-Ford 77 +1 volta 19
12 6 Suécia Gunnar Nilsson Lotus-Ford 77 +1 volta 10
13 8 Brasil Carlos Pace Brabham-Alfa Romeo 76 +2 voltas 2
14 30 Estados Unidos Brett Lunger March-Ford 76 +2 voltas 23
15 14 Austrália Larry Perkins BRM 73 +5 voltas 22
Ret 9 Brasil Alex Dias Ribeiro March-Ford 66 Motor 17
Ret 10 Alemanha Hans Joachim Stuck March-Ford 55 Motor 18
Ret 5 Estados Unidos Mario Andretti Lotus-Ford 43 Acidente 6
Ret 33 Países Baixos Boy Hayje March-Ford 33 Caixa de câmbio 21
Ret 26 França Jacques Laffite Ligier-Matra 22 Acidente 12
Ret 16 Reino Unido Tom Pryce Shadow-Ford 22 Acidente fatal 15
Ret 17 Itália Renzo Zorzi Shadow-Ford 21 Fuel leak 20
Ret 3 Suécia Ronnie Peterson Tyrrell-Ford 5 Sistema de combustível 7

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Volta mais rápida: John Watson 1'17.630

Jansen Van Vuuren[editar | editar código-fonte]

Frederick Jansen Van Vuuren (19585 de março de 1977) foi um fiscal de segurança no Grande Prêmio da África do Sul de 1977, em Kyalami.

Trabalhando como bilheteiro no Aeroporto de Johanesburgo, ele era um fiscal voluntário no dia da corrida. Morreu quando cruzava a pista para apagar um incêndio no Shadow de Renzo Zorzi, mas foi atingido por Tom Pryce em alta velocidade, que foi incapaz de evitá-lo. As imagens deste acidente foram registradas por um cinegrafista que mostra como tudo aconteceu. Hans-Joachim Stuck conseguiu desviar o seu carro do primeiro fiscal que atravessava a pista, mas Pryce não teve tempo e atingiu Van Vuuren (que vinha logo atrás) em cheio. A velocidade do impacto (Pryce trafegava a aproximadamente 280 km/h) arremessou e despedaçou o corpo de Vuuren no ar, ao passo que o extintor de incêndio que Vuuren segurava chocou-se contra o capacete de Pryce, partindo-o ao meio e arrancando-o, achatando o crânio de Pryce. Ambos morreram instantaneamente.

A esposa de Pryce processou o autódromo, pois, em sua compreensão, houve negligência dos organizadores em colocar uma pessoa amadora para trabalhar como apoiador de pista na ocasião.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Prova Anterior:
Grande Prémio do Brasil de 1977
Campeonato do Mundo da FIA
Fórmula 1, Temporada 1977
Próxima Prova:
Grande Prémio do Oeste dos Estados Unidos de 1977

Prova Anterior:
Grande Prêmio da África do Sul de 1976
Grande Prémio da África do Sul Próxima Prova:
Grande Prêmio da África do Sul de 1978