Grandes cabos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rota mercante utilizada pelos navios que ligavam a Inglaterra à Austrália e à Nova Zelândia, através dos Grandes cabos

Grandes cabos é o nome que recebem na navegação os quatro principais cabos austrais da rota marítima através do Oceano Austral:

O cabo Sudeste (na Tasmânia) e o cabo Sudoeste (no extremo da ilha Stewart, na Nova Zelândia) são incluídos ocasionalmente como pontos importantes da circum-navegação.[2] A rota tradicional dos veleiros mercantes seguia os ventos dos chamados «rugidos dos quarenta» (latitude 40ºS) a sul de tais cabos, o que era particularmente perigoso para a maioria dos navios[3] .

Na actualidade, estes cabos constituem as metas de diversas regatas oceânicas de iates, que realizam este percurso. A circum-navegação por esta via é considerada uma grande façanha da navegação. Segundo uma antiga tradição dos marinheiros, os navegantes que os tenham superado navegando à vela cumprem uma gesta que lhes dá direito a usar três anéis na orelha, a permanecer de pé perante os reis e a urinar contra o vento.

En su libro «La longue route» (A grande viagem)[4] , Bernard Moitessier tenta expressar o importante significado para um marinheiro destes grandes cabos:

Pois a geografia de um marinheiro não é sempre a do cartógrafo, para quem um cabo é um cabo, com sua latitude e longitude. Para o marinheiro, um grande cabo representa tanto um conjunto muito simples como extremamente complicado de recifes, correntes, fortes mares e grandes ondas, ventos suaves e vendavais, alegrias e medos, fatiga, sonhos, mãos doridas, estômagos vazios, momentos maravilhosos e alguns de sofrimento.
Um grande cabo, para nós, não pode ser expresso apenas pela latitude e longitude. Um grande cabo tem a sua alma, com suaves e violentos colores e sombras. Uma alma tão suave como a de uma criança e tão violenta como a de um criminoso. E por isso se vai lá
.
 
Bernard Moitessier, «A grande viagem»,

Referências

  1. The Circumnavigators, por Don Holm; Around the Three Capes. Prentice-Hall, NY, 1974. ISBN 0-13-134452-9 Obt. 5/02/06.
  2. Slocum Awards: Golden Circle Award, pela Sociedade Internacional Joshua Slocum. Obt. 13/02/06.
  3. Chichester, Sir Francis. Along the Clipper Way. [S.l.]: Hodder & Stoughton, 1966. ISBN 0-340-00191-7
  4. Moitessier, Bernard. La Longue Route. [S.l.]: B. Artaud;, Paris, 1971. ISBN 84-261-5834-X