Grant Fox

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Grant James Fox, OBE (New Plymouth, 6 de junho de 1962) é um ex-jogador neozelandês de rugby union que atuava na posição de abertura.[1]

Não era tão habilidoso com a bola em mãos, tanto que fez apenas um único try pela Nova Zelândia. Contudo, foi um dos maiores chutadores do rugby, sendo considerado um mestre na arte de marcar gols.[1] Estreou pela seleção neozelandesa, tradicionalmente a mais forte do rugby union,[2] em excursão pela Argentina em 1985. Em apenas seis jogos pelos All Blacks, já havia ultrapassado a marca de cem pontos por eles. Totalizou 645 pontos em 46 partidas por seu país.[1]

Na primeira Copa do Mundo de Rugby, sediada na terra natal em 1987 e vencida por ela, Fox foi o artilheiro da competição, com 126 pontos.[1] Estes números ainda fazem dele o jogador que mais pontuou em uma única edição do torneio.[3] Na lista geral, Fox, que totalizou 170 considerando os pontos que fez na Copa seguinte, é o quarto, tendo sido ultrapassado pelo australiano Michael Lynagh, pelo escocês Gavin Hastings e pelo inglês Jonny Wilkinson.[4]

Após parar de jogar, permaneceu ligado ao rugby union. Esteve nas comissões técnicas do Blues e, recentemente, como próprio treinador interino da seleção neozelandesa, em 2011. Também trabalha como comentarista.[1]

Referências

  1. a b c d e Grant Fox ESPN Scrum. Visitado em 07/04/2013.
  2. PICCINI, Renato (setembro de 2011). Obsessão. Revista ESPN n. 23. Editora Spring, pp. 78-81
  3. Most individual points in a tournament ESPN Scrum. Visitado em 07/04/2013.
  4. Most individual points ESPN Scrum. Visitado em 07/04/2013.