Grantha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Versículo da bíblia (João 3:16) escrito em Grantha

Grantha é um alfabeto indiano, utilizado na língua Tamil.

História[editar | editar código-fonte]

A escrita,também chamada Brahmi Gupta do Sul, proto-Kannada ou Pallava [1] , foi desenvolvida no sudeste da Índia durante a dinastia Pallava (entre séculos III e V D.C). Tem como base a Escrita Brähmi, consistindo de uma série de caracteres para as consoantes e para conjuntos de consoantes.

Inicialmente foi usada para escrever o Sânscrito, variantes de línguas pácritas, incluindo Páli. Mais tarde, o Pallava se popularizou em incrições políticas e religiosas gravadas em monumentos de pedra, tendo sido assim usada durante cerca de 500 anos, com adaptações e variações, na escrita de muitos locais do Sudeste Asiático.

Influências[editar | editar código-fonte]

Diversos outros alfabetos foram influenciados pelo Grantha, tais como os usados nas línguas: telugu, kannada, tâmil, malaiala, sinhala, burmês, khmer, tailandês, laosiano, cham, javanês, balinês, buginês, sundanês.

Escrita[editar | editar código-fonte]

A escrita é silábica, um Abugida, escrita em linhas horizontais, da esquerda para a direita. Apresenta símbolos para:

  • 32 consoantes
  • 22 vogais finais ou no início meio da palavra, com ou sem diacríticos
  • 15 conjuntos de consoantes
  • 9 símbolos diversos;

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. [1] Omniglot - Escrita Pallava

Ver também: [2] Wiki Inglês

Referências externas[editar | editar código-fonte]