Grapette

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Grapette
Tipo Refrigerante
Definição Normal
Sabor Uva/Framboesa
Cor Roxo
Origem  Estados Unidos
Criador Benjamin Tyndle Fooks
Lançamento 1930
Fabricante The Grapette Company
Distribuidor Vários
Comercialização Internacional
Slogan Quem bebe Grapette repete
Variante(s)
  • Grapette uva.
  • Grapette uva light.
  • Grapette framboesa.
  • Grapette framboesa diet.
Relacionada(s) Fanta, Sukita, Marajá
Website Site Grapette (em inglês)
Teor calórico 96 kcal/200 ml
Acidulante(s) Ácido Cítrico
Conservante(s) Benzoato de Sódio

Sorbato de Potássio

Grapette é a marca de um refrigerante com sabor de uva/framboesa pertencente à "The Grapette Company".

História[editar | editar código-fonte]

  • 1930 – A fórmula do Grapette foi elaborada em 1930 por um químico norte-americano em 1930, o químico americano chamado Benjamin Tyndle Fooks elaborou uma fórmula para refrigerante gasoso com sabor de uva, ao qual deu o nome de "Grapette".
  • 1939 – A marca é registrada e o direito autoral do Grapette passa a ser da “Sunset Liquor Company”.[1]
  • 1940 – O refrigerante é nomeado oficialmente como Grapette.[1]
  • 1942 – Um magnata do petróleo adquire o direito de comercializar o Grapette fora dos Estados Unidos. Neste ano, a América Latina começa a conhecer o refrigerante de uva.[1]
  • 1947 – É lançada a Orangette, com sabor de laranja.[1]
  • 1962 – É criada a “Grapette International, Inc.” para lidar com a franchising e as vendas da marca no exterior.[1]
  • 1965 – É criada uma linha com 5 sabores concentrados e congelados para re-venda, incluindo o Grapette.[2]
  • 1970 – A Companhia Grapette é vendida.[2]
  • 1977 – O refrigerante Grapette é comercializado em áreas limitadas, sendo quase extinto.[1]
  • 1998 – O cartaz da Grapette Diet, criado por uma empresa brasileira ganha o prêmio London International Advertiging Awards.[3]
  • 2000 – A “Grapette International, Inc.” re-adquire a marca de refrigerante Grapette.[2]
Hungarian red grape Isabelle.jpg

A História no Brasil[editar | editar código-fonte]

  • 1948 – O refrigerante Grapette foi lançado no Brasil em 1948 pela então companhia de Refrigerantes Guanabara [4] , tornando-se o primeiro refrigerante com sabor de uva do país.[3]
  • 1953 – É construída uma fábrica em Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul, que passa a fabricar o refrigerante Grapette e laranjinha, posteriormente a fábrica descontinuou a produção, dando lugar à Fanta Uva e Laranja.[5] A empresa Dore passa a fabricar e distribuir o refrigerante em João Pessoa, Natal e no interior dos dois Estados.[6]
  • 1961 – O grupo Anderson Clayton & Co fundam a GRAPETTE S/A, em São Paulo.[7]
  • 1963 – O slogan "Quem bebe Grapette repete" começa a ser vinculado no país.[3] A fábrica em Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul deixa de fabricar o Grapette, dando lugar à Fanta Uva e Laranja.[8]
  • 1973 – A empresa "Saborama Sabores e Concentrados Ltda." passa a ser detentora da marca e formulação do refrigerante em todo o território nacional.[9]
  • 1983 – A banda Blitz, lança a música Betty Frígida, sucesso na época e que faz referência ao refrigerante: (Hey Betty! Vamos tomar um Grapette?) [3]
  • 1989 – A empresa de refrigerantes Pakera compra 50% da marca no país.[3] [4] [10]
  • 1998 – O cartaz "Canudo", criado pela Artplan para Refrigerantes Pakera / Grapette Diet, ganha o prêmio bronze no “IV Prêmio Promoção Rio”.[3] [11]
  • 1999 – Em São Paulo, o mesmo cartaz do Grapette Diet ganha o prêmio “Anuário de Criação de São Paulo.[3]
  • 2008 – A empresa Riogran consegue exclusividade para revender no estado do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina o Grapette.[12]
  • 2013 - Em Minas Gerais, a Cia Del Rey de refrigerantes começa produzir o refrigerante Grapette em duas versões (Tradicional e Zero).
Informação nutricional de Grapette
Porção de: 200 ml (1 copo)
Quantidade
por porção
VD%
Valor energético 96 kcal 5

Ingredientes[editar | editar código-fonte]

O refrigerante Grapette normal possui como ingrediente água gaseificada, açúcar, conservador Benzoato de sódio (INS 211) e sorbato de potássio (INS 202), acidulante ácido cítrico (INS 330), suco concentrado de uva, aroma artificial de uva, corantes artificial amaranto bordeaux (INS 123) e azul brilhante FCF (INS 133) e amarelo tartrazina (INS 102) e sequestrante EDTA (INS 385).[13]

Variantes da Marca[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o refrigerante é comercializado nas seguintes variantes:[9]

  • Grapette uva.
  • Grapette uva light.
  • Grapette framboesa.
  • Grapette framboesa diet.

Referências

  1. a b c d e f GRAPETTE. History (em inglês). Página visitada em maio de 2010.
  2. a b c GRAPETTE. timeline (em inglês). Página visitada em maio de 2010.
  3. a b c d e f g ABIR. Timeline da indústria de refrigerantes (em português). Página visitada em 14/07/2014.
  4. a b ABIR. Grapette (em português). Página visitada em maio de 2010.
  5. VONPAR (maio de 2008). Sobre o homenageado (em português). Página visitada em maio de 2010.
  6. TRIBUNA do Norte (19 de julho de 2009). Dore Refrigerantes comemora seu centenário (em português). Página visitada em maio de 2010.
  7. COSTA, Francisco de Paula; et al. (X Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste – São Luis, MA, 12 de junho de 2008). Descubra esse enorme sabor (em português). Página visitada em maio de 2010.
  8. CANCIAM, Vanessa (Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, 28 de maio de 2008). Assembléia aprova alteração no Regimento Interno (em português). Página visitada em maio de 2010.
  9. a b SABORAMA. Grapette (em português). Página visitada em maio de 2010.
  10. EMBALAGEM Marca (Revista Embalagem Marca, Almanarque n.85, setembro de 2006). Uma uva e um cacho de donos (em português). Página visitada em maio de 2010.
  11. COLUNISTAS. IV Prêmio Promoção Rio 1998 (em português). Página visitada em maio de 2010.
  12. RECCHIA, Mariangela (Zero Hora, 10 de setembro de 2008). Fábrica em Santa Maria investe na produção do refrigerante Grapette (em português). Página visitada em maio de 2010.
  13. CIA Del Rey. Ingredientes (em português). Página visitada em maio de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]