Greias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Greias são personagens da Mitologia Greco-Romana.

História[editar | editar código-fonte]

Perseu devolve o olho das Gréias, Henry Fuseli

Mulheres velhas, nome de Dino, Ênio e Péfredo, filhas de Fórcis e Ceto e irmãs das Górgonas, com as quais eram frequentemente confundidas. Já nasceram velhas. Todas as três, em conjunto, possuíam um só dente e um só olho, dos quais se serviam alternadamente. Encarregadas de guardar o caminho que conduzia à morada das Górgonas, foram enganadas por Perseu, quando este se predispôs a matar a Medusa. O herói conseguir apoderar-se de seu único olho, de modo que as três mergulharam no sono ao mesmo tempo ele pôde realizar sua façanha sem perigo. Segundo outra versão, Perseu tomara-lhes o olho e o dente e recusou-se a devolvê-los se as velhas mulheres não o encaminhassem às Ninfas que lhe forneceriam os meios para vencer a Medusa: sandálias aladas, uma espécie de sacola e o capacete de Hades.

Literatura Moderna[editar | editar código-fonte]

Na série Percy Jackson e os Olimpianos, de Rick Riordan, as irmãs são apresentadas como motoristas de táxi em Nova York.1

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Rick Riordan, The Sea of Monsters, Capítulo 3, We hail the taxt of Eternal Tormente

Fontes[editar | editar código-fonte]

Dicionário de Mitologia Greco-Romana, 1973, Abril Cultural, São Paulo;