Greve de Homestead

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Desenho reproduzindo o escudo de aço utilizado pelos trabalhadores sindicalizados contra os disparos dos seguranças da empresa Pinkerton.

A Greve da Homestead foi uma paralisação industrial e greve que teve início em 30 de junho de 1892, culminando em uma batalha entre os grevistas e agentes de segurança privados da empresa Pinkerton em 6 de julho de 1892. Esta´e uma das mais sérias disputas trabalhistas da história dos Estados Unidos. A disputa ocorreu na região de Pittsburgh, na cidade de Homestead, Pennsylvania, entre a Associação dos Trabalhadores do Ferro, Aço e Amalgamatados (a AA) e a Companhia de Aço Carnegie.

A AA foi um sindicato americano formado em 1876. Era um sindicato de categoria representando profissionais técnicos da indústria do ferro e do aço.

A participação da AA encontrava-se concentrada entre os trabalhadores do ferro das Montanhas Allegheny. O sindicato negociou uma uniformização nacional do salário com uma base anual; auxiliou a regularizar as horas de trabalho, quantidade de carga laboral e velocidade de trabalho; e ajudou a melhorar as condições nos espaços de trabalho. Também atuou como uma central de contratação, auxiliando trabalhadores de outros setores com novas vagas.[1]


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Homestead Strike. Ajude e colabore com a tradução.

Referências

  1. Brody, p. 50.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Organized labour portal