Gringo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gringo é um termo depreciativo que significa "estrangeiro".[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Gringo" é um termo com origem no espanhol platino.[2] A versão mais aceita de sua origem vem do espanhol griego, em alusão a expressões como "isto é grego para mim" (indicando línguas estrangeiras não compreendidas),[3] e remonta ao século XVIII. Outras versões são popularmente usadas, como o nome da canção Green grow lilacs, cantada pelos soldados estadunidenses na guerra contra o México (1845-1847), na qual os Estados Unidos incorporaram o sudoeste e a costa oeste do atual território estadunidense, ou as ordens de ferroviários britânicos no Brasil: red stop, green go!, embora tais versões sejam refutadas academicamente.

Uso regional do termo[editar | editar código-fonte]

No estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, de forma especial entre os descendentes de imigrantes alemães, "gringo" refere-se aos descendentes de italianos. Neste caso, o termo não é pejorativo, sendo, inclusive, apelido de alguns descendentes de italianos.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 869.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 869.
  3. CUNHA, A. G. Dicionário etimológico Nova Fronteira da língua portuguesa. Rio de Janeiro. 1982. Nova Fronteira. 396.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Gringo, Dicionário inFormal