Grokar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Grokar é um verbo que conota uma maneira intuitiva de aprender — conhecimento maior do que o que pode ser sentido por um observador externo. É um entendimento além da empatia e da intimidade.

Robert A. Heinlein criou o termo como uma parte de um idioma marciano fictício em sua obra Um estranho numa terra estranha, onde significa literalmente "beber" e no sentido figurado se refere à essência do tema do livro. O termo se tornou parte do idioma Inglês, e é usado por pessoas da contracultura e da cultura hacker.

Em Um Estranho em uma Terra Estranha[editar | editar código-fonte]

O protagonista nunca tenta verbalizar uma definição completa de grokar, mas demonstra vários usos em toda a história. Um coadjuvante, personagem humano do livro, define o termo como :

Grokar significa entender tão profundamente que o observador se torna parte do observado—mesclar-se, misturar-se, perder a identidade em uma experiência em grupo. Significa quase tudo que chamamos de religião, filosofia e ciência—e significa para nós, os menores (porque nós somos da Terra) o que as cores significam para um cego.

O sentido literal da palavra grokar é "beber", algo importante em um planeta deserto onde água é escassa. Filosoficamente, os marcianos estenderam este significado à absorção e mistura, onde a água se torna parte de você, e você parte da água. Coisas que tinham diferentes realidades se entrelaçam nas mesmas experiências, objetivos, história e propósito.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]