Group for the Study of Reactive Motion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde janeiro de 2014). Ajude e colabore com a tradução.

O Group for the Study of Reactive Motion (em russo: Группа изучения реактивного движения, ou Gruppa izucheniya reaktivnogo dvizheniya, abreviadamente ГИРД, ou GIRD), situado em Moscou, foi um instituto de pesquisa soviético fundado em 1931, para estudar vários aspectos da engenharia aeroespacial.[1]

Histórico do grupo[editar | editar código-fonte]

MosGIRD[editar | editar código-fonte]

1931[editar | editar código-fonte]

O GIRD foi criado em 15 de Setembro de 1931, a partir do setor técnico de motores a jato e assuntos aéreos da associação "Osoaviakhim". O grupo era dividido em equipes (ou brigadas), cada uma envolvida em atividades diferentes:[2]

1932[editar | editar código-fonte]

1933[editar | editar código-fonte]

LenGIRD[editar | editar código-fonte]

1931[editar | editar código-fonte]

1932[editar | editar código-fonte]

  • Em 1932, o LenGIRD já possuia mais de 400 membros. Com a importante ajuda dos funcionários do Laboratório de dinâmica de gazes (GDL): Vladimir Artemyev e Boris S. P. Paulo o grupo foi responsável por um grande número de projetos (foguetes, fotografia, meteorologia, etc.). Também nesse ano, o LenGIRD criou cursos de teoria de propulsão a jato.

GIRD em outras cidades[editar | editar código-fonte]

Seguindo o exemplo de Moscou e Leningrado, movimentos para formar grupos GIRD locais em outras cidades foram levados a cabo. Personagens importantes nessas iniciativas foram: Friedrich Zander, Nikolai Rynin e Vladimir Vetchinkin.

Histórico de projetos[editar | editar código-fonte]

Friedrich Zander liderou a 1a brigada do GIRD, constituída pela equipe que ele liderava no Institute of Aircraft Engine Construction (IAM). Zander começou a considerar voos interplanetários desde 1907, e foi um dos fundadores da Society for the Study of Interplanetary Communication em 1924.

OR-1[editar | editar código-fonte]

Zander começou a trabalhar no motor experimental OR-1 em 1929 ainda no IAM, que já no GIRD passou a ser conhecido como Projeto GIRD 01.

OR-2[editar | editar código-fonte]

Em 1932, o OR-2, também conhecido como Projeto GIRD 02, foi desenvolvido para o planador movido a foguete RP-1 de Korolev

GIRD-X[editar | editar código-fonte]

Em 1933, Zander iniciou o desenvolvimento de um novo foguete, o GIRD-X e um motor para ele, o motor de foguete 10. O modelo final teria 2,2 m de altura; 14 cm de diâmetro; pesando 30 kg, podendo carregar uma carga útil de 2 kg a uma altitude de 5,5 km.[3]

GIRD-09[editar | editar código-fonte]

O primeiro lançamento de um foguete soviético foi o do GIRD-09, em 17 de Agosto de 1933, que alcançou a modesta altitude de 400 metros.

Projeto 05[editar | editar código-fonte]

Mikhail Tikhonravov, que mais tarde supervisionou o projeto do Sputnik I e o Programa Luna, liderou a 2a brigada do GIRD, responsável pelo projeto de foguete designado Projeto 05, num esforço conjunto com o Gas Dynamics Lab (GDL) em Leningrado. O Projeto 05, usava o motor ORM-50 desenvolvido por Valentin Glushko, alimentado por ácido nítrico e querosene e a tubeira sendo resfriada de forma regenerativa. Testado pela primeira vez em 1933, ele nunca chegou a ser concluído, mas serviu de base para outros projetos importantes.

RNII[editar | editar código-fonte]

Em 16 de Maio de 1932, Mikhail Tukhachevsky preencheu um memorando para que o GIRD e o Laboratório de dinâmica dos gazes (GDL) de Leningrado fossem combinados, resultando no Instituto de pesquisa de motores à reação (Реактивный научно-исследовательский институт, Reaktivnyy nauchno-issledovatel’skiy institut, РНИИ, RNII), fundado em 21 de Setembro de 1933.[1] [3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Zak, Anatoly (27/12/2013). Chronology of the 20th century. RussianSpaceWeb.com. Página visitada em 09/01/2014.
  2. Королева, Наталия (2002). ГИРД: организация и структура 1931. famhist.ru. Página visitada em 31/01/2014.
  3. a b Albrecht, Ulrich. The Soviet Armaments Industry. [S.l.]: Routledge, 1993. ISBN 3-7186-5313-3

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]