Grupamento de diferenciação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Grupamento de diferenciação ou do inglês cluster of differentiation (geralmente abreviado como CD) é o conjunto de moléculas marcadores da superfície celular usado para diferenciar variados tipos de células. Moléculas CD podem agir de diferentes modos, geralmente como receptores ou como ligantes (a molécula que ativa um receptor). Uma cascata de sinalização normalmente é iniciada, alterando o comportamento da célula . Algumas proteínas CD não têm papel na sinalização, desempenhando outras funções como adesão celular. Existem aproximadamente 250 diferentes proteínas.[1]

Nomenclatura[editar | editar código-fonte]

A nomenclatura CD foi proposta e estabelecida no primeiro Workshop Internacional e Conferência na diferenciação de antígenos de leucócitos humanos (HLDA), que aconteceu em Paris em 1982.[2] [3] Este sistema foi destinada a classificar a maioria dos anticorpos monoclonais (mAbs) feita por diferentes laboratórios espalhados pelo mundo contra epítopos na superfície molecular dos leucócitos. Desde então, ela foi sendo usada para outros tipos de células, e mais de 320 CD agrupamentos ou subagurpamentos têm sido identificados.

Referências

  1. Zola H, Swart B, Nicholson I, Aasted B, Bensussan A, Boumsell L, Buckley C, Clark G, Drbal K, Engel P, Hart D, Horejsí V, Isacke C, Macardle P, Malavasi F, Mason D, Olive D, Saalmueller A, Schlossman SF, Schwartz-Albiez R, Simmons P, Tedder TF, Uguccioni M, Warren H. (2005). "CD molecules 2005: human cell differentiation molecules". Blood 106 (9): 3123–6. DOI:10.1182/blood-2005-03-1338. PMID 16020511.
  2. Bernard A, Boumsell L. (1984). "[Human leukocyte differentiation antigens]" (em French). Presse Med 13 (38): 2311–6. PMID 6239187.
  3. Fiebig H, Behn I, Gruhn R, Typlt H, Kupper H, Ambrosius H. (1984). "[Characterization of a series of monoclonal antibodies against human T cells]" (em German). Allerg Immunol (Leipz) 30 (4): 242–50. PMID 6240938.