Grupo Gaulês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O grupo Gaulês é um grupo dinâmico de satélites irregulares prógrados de Saturno que seguem órbitas similares. Seus semieixos maiores variam entre 16 milhões e 19 milhões de quilômetros, suas inclinações entre 35° e 40°, e suas excentricidades são de cerca de 0,53.[1]

Diagrama ilustrando o grupo Gaulês em relação a outros grupos de satélites irregulares de Saturno. A excentricidade das órbitas é representada pelo segmento amarelo (se estendendo do periastro ao apoastro) com a inclinação representada pelo eixo Y.

Parâmetros orbitais similares levaram os descobridores a postular uma origem comum na quebra de um grande corpo.[2]

Os quatro membros do grupo são (ordenados em distância crescente a Saturno):

A União Astronômica Internacional (UAI) usa nomes tirados da mitologia gaulesa para nomear essas luas.

Foi descoberto que os satélites do grupo são fisicamente homogêneos, apresentando cores vermelha-claras (índices de cores B−V = 0,91 e V−R = 0,48)[3] e índices infravermelhos similares.[4]

Observações recentes mostram que o maior membro do grupo, Albiorix, apresenta na verdade duas cores: uma compatível com Erriapus e Tarvos, e outra menos vermelha. Ao contrário de um progenitor comum, foi postulado que Tarvos e Erriapus podem ser fragmentos de Albiorix, deixando uma cratera grande e menos vermelha.[5] Um impacto assim exige um corpo com um diâmetro de pelo menos 1 km e velocidade relativa próxima de 5 km/s, resultando em uma grande cratera com raio de 12 km. Várias grandes crateras em Febe provam a existência de colisões assim no passado do sistema de Saturno.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Planetary Satellite Mean Orbital Parameters Jet Propulsion Laboratory. Página visitada em 14/11/2010.
  2. B. Gladman, P. Nicholson, J. Burns, JJ Kavelaars, B. G. Marsden, M. Holman, T. Grav et al.. Discovery of 12 satellites of Saturn exhibiting orbital clustering., Nature, 412 (2001), p. 163
  3. Grav, Tommy; Holman, Matthew J.; Gladman, Brett J.; Aksnes, Kaare Photometric survey of the irregular satellites, Icarus, 166,(2003), pp. 33-45. Preprint
  4. Tommy Grav and Matthew J. Holman Near-Infrared Photometry of the Irregular Satellites of Jupiter and Saturn,The Astrophysical Journal, 605, (2004), pp. L141–L144 Preprint
  5. Tommy Grav and James Bauer A deeper look at the colors of Saturnian irregular satellites, Preprint

Ligações externas[editar | editar código-fonte]