Gualtar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde março de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
 Portugal Gualtar  
—  Freguesia  —
Igreja de Gualtar
Igreja de Gualtar
Bandeira de Gualtar
Bandeira
Brasão de armas de Gualtar
Brasão de armas
Localização no concelho de Braga
Localização no concelho de Braga
Gualtar está localizado em: Portugal Continental
Gualtar
Localização de Gualtar em Portugal
41° 33' 54" N 8° 23' 19" O
País  Portugal
Concelho BRG.png Braga
 - Tipo Junta de freguesia
Área
 - Total 2,74 km²
População (2011)
 - Total 5 286
    • Densidade 1 929,2/km2 

Gualtar é uma freguesia portuguesa do concelho de Braga, com 2,74 km² de área e 5 286 habitantes (2011)[1] . Densidade: 1 929,2 hab/km².

Dista cerca de 2 km da sede do concelho, e está situada na margem direita do rio Este.

Foi vigairaria da apresentação do arcediago da Sé de Braga, tendo mais tarde passado a reitoria.

Fez parte de um antigo mosteiro doado, entre 1032 e 1043, à condessa de Ildnara por mestre Savarigo. No actual “campus universitário” da Universidade do Minho situava-se o antigo mosteiro de S. Miguel de Gualtar.

Demografia[editar | editar código-fonte]

               Evolução da População Entre 1864 e 2011                 

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011;

                 Os Grupos Etários Em 2001 e 2011                   

A População em 2001; A População em 2011

Igreja Matriz[editar | editar código-fonte]

A igreja matriz é um templo românico, mutilado por consecutivas reformas ao longo dos séculos. Conserva da primitiva traça a fachada norte e o corpo principal, com um notável portal de arquivolta única, com quatro faixas de ornatos geométricos (besantes, bilhetes e goivadas). Decora o tímpano uma cruz equilátera rodeada de fitas sinuosas, formando labirinto, e outras peroladas, que sugerem cabeças de animais estilizados. Nas paredes da capela-mor subsistem pinturas a fresco.

A igreja de S. Miguel de Gualtar insere-se nos abundantes testemunhos de arquitectura românica — embora sistematicamente parcelares ou muito adulterados — presente na bacia do Cávado. São exemplos a igreja da freguesia das Marinhas, Esposende; ou no concelho de Barcelos o templo do Mosteiro de Banho, na freguesia de Vila Cova, a igreja de Abade de Neiva, a Matriz da Colegiada de Barcelos, a antiga matriz de Balugães, a antiga igreja do Mosteiro de Manhente; a igreja do antigo Mosteiro de Rendufe, as igrejas de Caires e Bouro, em Amares; ou a igreja paroquial de Coucieiro, Pedregais e Cervães, em Vila Verde, entre muitos outros.

Lugares[editar | editar código-fonte]

A freguesia de Gualtar compreende os lugares de Arcela, Bairro Henriqueta, Bairro Novo, Barreiro, Barros, Bela Vista, Bouça, Crespa, Estrada Nova e Estrada Velha, Friande, Igreja, Lage, Monte de Baixo, Mourisca, Poça e Vergadela.

O lugar de Estrada Velha está relacionado com a “Geira”, antiga estrada da Península Ibérica, uma das antigas vias romanas que ligavam Braga a Astrorga. Passava pela serra do Gerez, onde se encontraram alguns trechos do seu leito e, especialmente, marcos miliários, grande parte dos quais foram mandados recolher pelo arcebispo D. Diogo de Sousa a Braga, onde ainda hoje se conservam.

Indústria e Artesanato[editar | editar código-fonte]

O artesanato na freguesia é caracterizado essencialmente por rendas e bordados, restauração de móveis antigos e trabalhos em verga e palhinha. Ocupa neste último, lugar de relevo o fabrico de cestas, chapéus, peças de mobiliário decorativo, candeeiros, além das típicas "croças" de junco (gabardina das gentes dos campos).

Relativamente ao restauro de móveis antigos, Gualtar assume-se como uma das freguesias que faz com que a arte da marcenaria e da carpintaria do concelho de Braga se torne famosa em todo o norte de Portugal.

Referências

  1. População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano) (em português) Instituto Nacional de Estatística. Página visitada em 6 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013. "Informação no separador "Q601_Norte""
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gualtar