Guaraná (refrigerante)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2010).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Guaraná é um refrigerante originado da fruta do guaraná.

O processamento do xarope da fruta iniciou-se no Brasil em 1905 por Fara, um médico da cidade de Resende, Rio de Janeiro. Em 1906 é lançado pela F. Diefenthaller, uma fábrica de refrigerantes de Santa Maria, Rio Grande do Sul, o Guaraná Cyrilla, e, em 1921, o Guaraná Champagne Antarctica, pela empresa homônima (hoje AmBev).

Outro refrigenate de guaraná foi criado acidentalmente em 1920 pelo farmacêutico Jesus Norberto Gomes, no estado do Maranhão. Jesus importou uma máquina de gaseificação para produzir uma espécie de magnésia fluida, um medicamento famoso na época, com extratos de 17 ingredientes da Amazônia, entre eles guaraná e canela, mas o negócio não deu certo. O farmacêutico resolveu fazer uma bebida para os netos e agradou a todos. Com o tempo, a bebida cor-de-rosa caiu no gosto do povo e até hoje é bastante popular no estado, mantendo a fórmula.

Em 2001, a Coca-Cola comprou a marca.[1]

Na Sérvia e em outros países do Leste Europeu, fabrica-se uma bebida energética à base de guaraná, comercializada com este nome, mas que em vez de ser refrigerante tem sabor azedo e efeito cardioacelerador.

Algumas das marcas de Guaraná são:

Notas

  1. Mídia Independente
  2. [www.cibal.com.br Cibal].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]