Guarda Republicana (Síria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guarda Republicana Síria
الحرس الجمهوري
Syrian Republican Guard SSI.svg
País Síria
Subordinação Coat of arms of Syria.svg Forças Armadas da Síria
Síria Partido Baath sírio
Criação 1976
História
Guerras/batalhas Guerra Civil Síria
Logística
Efetivo 25 000 soldados[1]
Comando
Comandante Major-general Shoaeb Suleiman
Subcomandante General de brigada Mohamed Qasem
Comandantes
notáveis
Maher al-Assad
Sede
Guarnição Damasco

A Guarda Republicana da Síria (em árabe: الحرس الجمهوري), também conhecida como Guarda Presidêncial, é uma unidade de combate de elite do Exército Sírio. Eles são compostos, principalmente, por unidades blindadas, posicionados, em sua maioria, ao redor de Damasco, para defende-la. Eles seriam a única unidade militar com permissão para circular na capital.[2]

Durante a recente guerra civil na Síria, a Guarda República participou de alguns dos mais violentos combates do conflito.[3] Seus soldados também foram acusados de cometer diversos crimes de guerra.[4]

Referências

  1. "Syrian rebel leader to Haaretz: Assad's opposition will secure chemical weapons", 28 de maio de 2012. Página visitada em 2 de agosto de 2012.
  2. MEIB. (August 2000). "Syria's Praetorian Guards: A Primer". Middle East Intelligence Bulletin 2 (7).
  3. "Activists: Syrian rebels clash with elite troops". Página visitada em 6 de maio de 2013.
  4. Appendix 1: Structure and Command of Armed Forces and Intelligence Agencies Human Rights Watch.. Página visitada em 24 de junho de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]