Guiana Neerlandesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Território Autônomo da Guiana Neerlandesa (Suriname), aprovada pelo Conselho Supremo da Nobreza, em 1966 à 1975.

Guiana Neerlandesa ou Guiana Holandesa foi uma das colônias dos Países Baixos na América que, com sua independência em 1975, tornou-se o Suriname.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1863, as colônias holandesas aboliram a escravidão negra, substituindo-a por mão de obra semiescravizada de imigrantes indianos e javaneses. Depois de se tornar numa parte autônoma do Reino dos Países Baixos, em 1954, a Guiana Holandesa conseguiu a independência em 1975, adotando o nome de Suriname. Muitos surinameses, aproveitaram que tinha nacionalidade neerlandesa e emigraram para o país europeu, o que provocou uma grave escassez de mão de obra no novo país. Atualmente, o Suriname é presidido por Ronald Runaldo Venetiaan.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]