Guido I de Espoleto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Guido I de Espoleto (c. 805 - 860) foi um nobre da Idade Média com origem no Reino de França, tendo sido duque de Espoleto desde 842. Era filho de Lamberto I de Nantes e de Adelaide da Lombardia também denominada como Adelaide de Itália (798 - c. 810), a filha mais velha de Pepino de Itália.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Guido I viajou com seu pai em 834 na comitiva de Lotário I quando este defendeu a sua soberania sobre os territórios da Itália. Foi-lhe dada a Abadia de Mettlach, na cidade de Mettlach, no Ducado da Lorena em 840, quando o imperador Luís I "o Pio", morreu.

Guido casou mais de uma vez, entre os seus casamentos destaca-se o com Ita de Niveles, filha de Sico de Benevento. Em 843, interferiu na guerra civil Benevento ao lado de seu meio irmão Siconulfo de Salerno. Ele atuou como árbitro várias vezes, mas apenas o sucessor de Lotário, o Imperador Luís II da Germânia, viria acabar com a contenda.

Em 858, ele apoiou Ademar de Salerno contra a pretensões do conde de Cápua, Lando I de Cápua, e pela sua intervenção neste acontecimento garantiu o Vale Liri, com Sora e Arpino a serem tomadas a partir do condado do irmão Landenulfo de Teano[1] [2] .

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Lamberto I de Nantes (796 - 823) e de Adelaide da Lombardia também denominada como Adelaide de Itália (798 - c. 810), a filha mais velha de Pepino de Itália e de Berta de Toulouse. Casou mais de uma vez, uma com Itta de Nivelles, filha de Sico de Benevento e a outra com Judite de França, filha de Luis I o Pio, imperador do Ocidente e de Ermengarde de Hesbaye, de quem teve:

  1. Guido III de Espoleto ou Guy de Espoleto ou Wido II de Espoleto (? - 12 de dezembro de 894), que foi marquês de Camerino de 880 (como Guido I ou II) e duque de Espoleto e Camerino (como Guido III) em 883. Foi coroado rei da Itália em 889 e Imperador em 891[3] .
  2. Rotilda de Espoleto casada com Adalberto I da Toscânia (Itália c. 820886[4] ) foi marquês e duque e da Toscana de 847 a 884.

Referências

  1. Llewellyn, Peter. Rome in the Dark Ages. London: Faber and Faber, 1970. ISBN 0-571-08972-0.
  2. di Carpegna Falconieri, Tommaso. Guido, in Dizionario biografico degli italiani, 61, Roma: Istituto della Enciclopedia italiana, 2003, p. 352-354.
  3. di Carpegna Falconieri, Tommaso. Guido di Spoleto. Dizionario Biografico degli Italiani, LXI. Rome: 2003, pp. 354–361.
  4. Wickham, Chris. Early Medieval Italy: Central Power and Local Society 400-1000. [S.l.]: University of Michigan Press, 1990. p. 59. ISBN 978-0-472-08099-1.