Guido de Thouars

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Guido de Thouars (morto em 13 de abril de 1213) foi duque e regente da Bretanha durante a minoridade de sua filha Alice.

Era o terceiro filho de Godofredo V, visconde de Thouars.

Em 1196, casou com Constança, duquesa da Bretanha, viúva de Godofredo II, com quem tem duas filhas gêmeas:

Constança morreu devido às conseqüências do parto.

Em 1203, após o assassinato de seu enteado, o duque Artur I da Bretanha, Guido foi escolhido pelos nobres bretões como duque da Bretanha durante a minoridade de sua filha Alice. O condado de Richmond foi retomado pela Coroa da Inglaterra. Contudo, três anos depois, o rei Filipe II da França tomou o controle da Bretanha. O jovem Artur lhe jurara fidelidade, em 1199, e o rei se aproveitou disso para exercer influência direta sobre o ducado. Ele então depôs Guido, mas o deixou como regente, um cargo que manteve até 1213, quando o rei arranjou o casamento entre Alice e Pedro de Dreux, filho do conde Roberto II de Dreux.

Guido morreu pouco depois, de lepra, no castelo de Chemillé.

Referências[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Artur I
Duque da Bretanha
(com Alice)

3 de abril de 1203 - 1206
Sucedido por
Alice e Pedro