Guitar Hero Mobile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guitar Hero Mobile
Logotipo do primeiro jogo portátil Guitar Hero III Mobile
Desenvolvedora(s) Hands-On Mobile
Editora(s) MachineWorks Northwest LLC, Glu Mobile
Distribuidora(s) Activision Blizzard
Gênero(s) Jogo musical
Website http://www.guitarheromobile.com/
Portal Portal de jogos eletrônicos

Guitar Hero Mobile é uma série dos jogos musicais da série Guitar Hero, adaptando a jogabilidade baseada de um console normal, que usa uma guitarra em forma de controlador para coincidir com notas de músicas de rock populares para trabalhar com os botões da frente de telefones celulares avançados, incluindo BlackBerry e os que suportam a plataforma Windows Mobile. Os três primeiros jogos da série - Guitar Hero III Mobile, Guitar Hero III Backstage Pass, e Guitar Hero World Tour Mobile - foram desenvolvidos pela MachineWorks Northwest LLC e publicado pela Hands-On Mobile, enquanto uma versão portátil do Guitar Hero 5 foi desenvolvida pela Glu Mobile. A série tem provado ser popular, o jogo Guitar Hero III Mobile foi baixado mais de 2 milhões de vezes, e mais de 250.000 músicas são tocadas a cada dia em toda a série.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Originalmente, a série Guitar Hero Mobile foi publicada pela Hands-On Mobile e desenvolvida pela MachineWorks Northwest LLC. Para o primeiro jogo, Guitar Hero III Mobile , a Hands-On Mobile recebeu licenciamento da Activision para a portabilidade de 51 músicas, duas personagens, três lugares e quatro guitarras para a versão móvel. O jogo foi originalmente lançado para a Verizon Wireless, mas disponibilizado em outras operadoras de celular em fevereiro de 2008.[1] O jogo foi programado pela Robinson Technologies (abreviado para RTSoft) em afiliação com a MachineWorks Northwest LLC.[2] Os gráficos do jogo foram desenvolvidos em colaboração com a RTSoft e a MachineWorks Northwest LLC pela Anthem Game Group.[3] O áudio foi tirado dos arquivos de áudio originais usados pela Activision para o Guitar Hero III: Legends of Rock. Os arquivos de áudio foram reduzidos em tamanho, mas permaneceram multicanal; por exemplo, canais diferentes foram utilizadas para a faixa de guitarra, instrumentos e vozes de fundo, público, etc. Cada música foi reduzida em tamanho para dois minutos, para permanecerem curtas, jogabilidade chamada de "bite-sized".[4] Para reduzir o tamanho do arquivo usado pelo telefone, apenas duas músicas são armazenadas a qualquer momento. Para poder acessar as outras músicas elas devem ser baixadas através da rede do celular.[1] Uma configuração com cinco botões, como em versões de consoles, foi considerada, mas os testes mostraram que o jogo seria mais divertido com apenas três botões. Então foram incluídos transições rápidas e pressionamento de botões simultâneos para acrescentar dificuldade ao jogo e compensar os botões faltantes.[4]

Em junho de 2009, foi anunciado que a Glu Mobile iria desenvolver versões de vários títulos da Activision, incluindo o Guitar Hero 5, Modern Warfare 2 e Tony Hawk: Ride para lançamento no último trimestre de 2009. A versão móvel do Guitar Hero 5 foi desenvolvida para as plataformas Android, BlackBerry, BREW, Java ME e Windows Mobile.[5] Em uma mudança nos jogos anteriores da série, os jogadores têm a opção de fazer o download das versões MP3 das músicas através de dados dos serviços da Internet, em vez de usar as versões MIDI que vêm com o jogo.[6]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Ver também: Elementos comum na jogabilidade da série Guitar Hero
Screenshot das três colunas das notas. Acima está Judy Nails tocando a Gibson EDS-1275.
Screenshot do jogo Guitar Hero 5 em que o jogador está tocando a bateria, e o Star Power está ativado.

A jogabilidade dos jogos da série Guitar Hero Mobile é semelhante a da versão para consoles, exceto que em vez de ter 5 notas, 3 notas são utilizadas, correspondendo a cada coluna de teclas numeradas no teclado de um celular. As teclas numeradas utilizadas são "1", "4" e "7" para as notas verdes, "2", "5", e "8" para as notas vermelhas, e "3", "6", e "9" para as notas amarelas. Uma vez que a(s) nota(s) for(em) longa(s), o jogador deve tocar a(s) nota(s) pressionando e mantendo pressionada a tecla do(s) número(s), a fim de marcar pontos (similar ao uso do controle nas versões de console, em vez de uma guitarra). O Star Power é ativado usando a tecla "*" (asterísco) do teclado ou o botão OK no centro do direcional.[7] [8] [9] [10]

Outras características incluem quadros de líderes online, arquivos salvos, e realizações alcançadas por conhecer certos critérios determinados no jogo.[1] O jogo apresenta apenas um único jogador e o modo carreira, com quinze músicas classificadas em três níveis semelhantes aos de outros jogos do Guitar Hero, e o modo Quickplay, permitindo que o jogador jogue qualquer música desbloqueada a qualquer momento. Não há modos multijogador no jogo.[9]

Guitar Hero III Backstage Pass acrescenta elementos role-playing para o jogo de ritmo central, os jogadores não jogam apenas shows como em Guitar Hero III Mobile, mas também tem de gerenciar a sua banda da quase pobreza para o estrelato através da criação de buzz marketing para a sua banda para os fãs virtuais, gerenciar a sua banda, e planejar suas apresentações em locais de encontro. Concluir com sucesso estas tarefas ajuda o jogador a ganhar mais dinheiro com os seus desempenhos e destravar novas guitarras e equipamentos que podem ser utilizados pela banda para melhorar ainda mais seu desempenho.[11] [12]

Em alinhamento com a expansão da série para consoles que incluiu bateria e vocais em Guitar Hero World Tour, Guitar Hero World Tour Mobile acrescenta a opção de jogar a bateria completa de todas as canções incluídas além da guitarra. Enquanto a bateria é tocada de forma semelhante à guitarra, o jogo também inclui o pedal do bumbo, marcado com uma linha horizontal em toda a pista das notas na tela, exigindo ao jogador apertar um botão no teclado do telefone, abaixo da linha que eles estão usando para as batidas graves normais. O jogo, quando jogado em celulares avançados que reconhecem as teclas pressionadas simultaneamente, apoiam a execução de acordes no violão ou batidas graves simultâneas. Guitar Hero World Tour Mobile também suporta um modo de dois jogadores competitivos de uma forma semelhante as "batalhas" introduzidas em Guitar Hero III: Legends of Rock, um jogador pode ser capaz de coletar poderes que podem ser acionados da mesma maneira que o Star Power, para afetar a capacidade de jogar do oponente por um breve período de tempo.[13] Nenhuma jogabilidade adicional foi feita para o Guitar Hero 5.[6] [14]

Músicas[editar | editar código-fonte]

Guitar Hero III Mobile[editar | editar código-fonte]

Guitar Hero III Mobile apresenta 15 músicas jogáveis do Guitar Hero II e do Guitar Hero III: Legends of Rock, com pacotes de expansão adicionais lançados a cada mês. A qualidade e o formato das músicas variam segundo o tipo do telefone celular. No entanto, apenas os dois primeiros minutos de cada música estão disponíveis para jogar.[15]

Setlist principal[editar | editar código-fonte]

Tal como acontece com Guitar Hero III para consoles, a versão móvel apresenta músicas divididas em três níveis, cada um com quatro músicas que devem ser concluídas antes que a quinte música do encore possa ser realizada. Concluir com sucesso o encore permite ao jogador desbloquear a próxima camada de músicas e jogá-las no modo Quickplay.[10] [16]

Ano Nome da música Artista Grupo
1970 "Black Magic Woman" Santana 1. Opening Licks
1993 "Cherub Rock" The Smashing Pumpkins 2. Amp Warmers
1979 "Hit Me with Your Best Shot" Pat Benatar 2. Amp Warmers
1973 "Jessica" The Allman Brothers Band 3. String Snappers
2006 "Miss Murder" AFI 1. Opening Licks
2006 "Monsters" Matchbook Romance 3. String Snappers
1970 "Paranoid" Black Sabbath 3. String Snappers
1984 "Rock You Like a Hurricane" Scorpions 3. String Snappers
Encore
1972 "School's Out" Alice Cooper 1. Opening Licks
Encore
1983 "Shout at the Devil" Mötley Crüe 3. String Snappers
1974 "Strutter" Kiss 2. Amp Warmers
1991 "Suck My Kiss" Red Hot Chili Peppers 1. Opening Licks
1996 "Trippin' on a Hole in a Paper Heart" Stone Temple Pilots 2. Amp Warmers
Encore
2005 "Woman" Wolfmother 1. Opening Licks
1978 "You Really Got Me" Van Halen 2. Amp Warmers

Download de pacotes mensais[editar | editar código-fonte]

A cada mês, desde janeiro de 2008, um pacote de três músicas foi lançado como conteúdo adicional para o jogo. Músicas baixadas deste modo podem ser jogadas no modo carreira e/ou no modo Quickplay.

Ano Nome da música Mês lançado
1988 "Mother" Danzig Janeiro de 2008
1977 "Barracuda" Heart Janeiro de 2008
1971 "The Seeker" The Who Janeiro de 2008
2006 "Life Wasted" Pearl Jam Fevereiro de 2008
1989 "She Bangs the Drums" The Stone Roses Fevereiro de 2008
1983 "Pride and Joy" Stevie Ray Vaughan Fevereiro de 2008
1970 "War Pigs" Black Sabbath Março de 2008
1973 "Search and Destroy" Iggy Pop and the Stooges Março de 2008
1974 "Free Bird" Lynyrd Skynyrd Março de 2008
1976 "Crazy on You" Heart Abril de 2008
2004 "Laid to Rest" Lamb of God Abril de 2008
2007 "Metal Heavy Lady" Lions Abril de 2008
1975 "Slow Ride" Foghat Maio de 2008
1992 "Black Sunshine" White Zombie Maio de 2008
1970 "Mississippi Queen" Mountain Maio de 2008
2005 "Stricken" Disturbed Junho de 2008
1987 "Talk Dirty to Me" Poison Junho de 2008
1975 "Rock and Roll All Nite" Kiss Junho de 2008
1985 "Madhouse" Anthrax Julho de 2008
1990 "Psychobilly Freakout" The Reverend Horton Heat Julho de 2008
1970 "Rock and Roll, Hoochie Koo" Rick Derringer Julho de 2008
1990 "Stop!" Jane's Addiction Agosto de 2008
2007 "The Arsonist" Thrice Agosto de 2008
1990 "John The Fisherman" Primus Agosto de 2008
1962 "Misirlou" Dick Dale Setembro de 2008
1976 "Carry on Wayward Son" Kansas Setembro de 2008
1991 "Girlfriend" Matthew Sweet Setembro de 2008
1981 "YYZ" Rush Outubro de 2008
2006 "Freya" The Sword Outubro de 2008
1984 "Tonight I'm Gonna Rock You Tonight" Spinal Tap Outubro de 2008
1973 "La Grange" ZZ Top Novembro de 2008
1972 "Cities on Flame with Rock and Roll" Blue Öyster Cult Novembro de 2008
1977 "Last Child" Aerosmith Novembro de 2008
2006 "Closer" Lacuna Coil Dezembro de 2008
2005 "F.C.P.R.E.M.I.X." The Fall of Troy Dezembro de 2008
1990 "Cliffs of Dover" Eric Johnson Dezembro de 2008

Guitar Hero World Tour Mobile[editar | editar código-fonte]

Guitar Hero World Tour Mobile inclui 15 músicas com o núcleo do jogo, uma ou mais músicas novas são lançadas a cada mês.

Setlist principal[editar | editar código-fonte]

Ano Nome da música Artista Grupo
1993 "Are You Gonna Go My Way" Lenny Kravitz 1. Rho Omega Kappa Fraternity House
1978 "Hollywood Nights" Bob Seger & the Silver Bullet Band 3. Festival Arena
2007 "Lazy Eye" Silversun Pickups 1. Rho Omega Kappa Fraternity House
Encore
2008 "Obstacle 1" Interpol 3. Festival Arena
1978 "One Way or Another" Blondie 1. Rho Omega Kappa Fraternity House
2008 "Overkill" Motörhead 3. Festival Arena
Encore
2008 "Re-Education Through Labor" Rise Against 3. Festival Arena
1996 "Santeria" Sublime 2. Castlestein Concert
1995 "Some Might Say" Oasis 2. Castlestein Concert
Encore
1996 "Spiderwebs" No Doubt 2. Castlestein Concert
2003 "Stillborn" Black Label Society 1. Rho Omega Kappa Fraternity House
1975 "Stranglehold" Ted Nugent 3. Festival Arena
1974 "Sweet Home Alabama" (live) Lynyrd Skynyrd 2. Castlestein Concert
1993 "Today" Smashing Pumpkins 2. Castlestein Concert
1970 "Up Around the Bend" Creedence Clearwater Revival 1. Rho Omega Kappa Fraternity House

Download de pacotes mensais[editar | editar código-fonte]

Nome da música Artista Mês lançado
"The Joker" Steve Miller Dezembro de 2008
"G.L.O.W." Smashing Pumpkins Dezembro de 2008
"You're Gonna Say Yeah" HushPuppies Janeiro de 2009
"Our Truth" Lacuna Coil Fevereiro de 2009
"Gimme All Your Lovin'" ZZ Top Fevereiro de 2009
"Demolition Man" (Live) Sting Março de 2009
"Band on the Run" Wings Abril de 2009
"Nuvole E Lenzuola" Negramaro Maio de 2009
"Toy Boy" Stuck in the Sound Junho de 2009
"Jimi" Slightly Stoopid Junho de 2009

Guitar Hero 5 Mobile[editar | editar código-fonte]

Guitar Hero 5 Mobile inclui 20 músicas, armazenadas como arquivos MIDI no jogo, embora os jogadores possam baixar versões com a qualidade MP3 através da sua rede de dados móvel antes de jogar.[6] [14] As músicas são um subconjunto da setlist do Guitar Hero 5.

Ano Nome da música Artista
2008 "A-Punk" Vampire Weekend
2008 "Blue Day" Darker My Love
2009 "Bring the Noise 20XX" Public Enemy e Zakk Wylde
1994 "Comedown" Bush
2007 "Demon(s)" Darkest Hour
1995 "Disconnected" Face to Face
2000 "Ex-Girlfriend" No Doubt
1975 "Fame" David Bowie
2000 "Kryptonite" 3 Doors Down
1992 "Lithium" (ao vivo) Nirvana
2003 "One Big Holiday" My Morning Jacket
1995 "Only Happy When It Rains" Garbage
2001 "The Rock Show" Blink-182
2008 "Sneak Out" Rose Hill Drive
1980 "The Spirit of Radio" (ao vivo) Rush
2006 "Streamline Woman" Gov't Mule
1996 "What I Got" Sublime
2008 "You and Me" Attack! Attack!
1998 "Younk Funk" The Derek Trucks Band

Recepção[editar | editar código-fonte]

Guitar Hero III Mobile foi bem recebido em seu lançamento. IGN considerou ser uma "adaptação bem sucedida" dos jogos Guitar Hero para o teclado do celular. Eles comentaram que, embora possa ser complicado baixar as músicas para o jogo, obrigando o usuário a ser persistente durante o download, a qualidade do som é excelente e a simplificação de cinco para três botões faz o jogo "acessível a qualquer pessoa, mesmo alguém que esteja passando com curiosidade".[9] CNET elogiou a qualidade do som e das animações, bem como a facilidade de jogar.[17] Cell Play referiu-se ao jogo como "o verdadeiro porte de rock portátil", e elogiou o nível de dificuldade realizado com a instalação de três botões. Eles consideraram a duração da música encurtado uma desvantagem insignificante em comparação com o pacote global.[1] A revisão do 1UP criticou o layout compacto que levou a cãibras na mão, e o espaço limitado na versão portátil, permitido que somente duas músicas possam ser armazenado a qualquer momento. 1UP também lamentou as versões curtas das músicas, dada a excelente qualidade de áudio realizada para a plataforma portátil, a revisão resumiu sua experiência para "Uma interpretação literal da fórmula de Guitar Hero, aparentemente, não há espaço para alterar o jogo para enfatizar os pontos fortes da plataforma portátil."[15] Guitar Hero III Mobile ganhou dois prêmios no Qualcomm 2008 BREW Developers Conference para "Melhor Jogo" e "People's Choice Award".[18] O jogo já foi baixado pelos usuários 2,5 milhões de vezes,[19] com ambas Verizon e Hands-On Mobile afirmando que mais de 250,000 músicas são tocadas por dia na plataforma.[20]

Guitar Hero III: Backstage Pass também foi elogiado pela adição de elementos role-playing e pequenos minigames para trazer a série em linha com outros jogos de celular.[12] Foi dito que os minigames foram feitos para ajudar a construir a antecipação do elemento desempenho do jogo, fazendo com que estes se sintam como elementos necessários para a progressão da carreia da banda do jogador.[12] O jogo ganhou o prêmio Webby Award em 2009 como Melhor Jogo Portátil.[21]

Referências

  1. a b c d (Janeiro de 2008) "Guitar Hero Mobile Review". Cell Play: Página 10 pp..
  2. About Robinson Technologies. Robinson Technologies (2008). Página visitada em 5 de maio de 2008.
  3. Anthem Design Group announces official video game focused subsidiary.. PRWeb (18 de janeiro de 2008). Página visitada em 5 de maio de 2011.
  4. a b (Janeiro de 2008) "Guitar Hero Mobile Interview: Producer JJ Lechleiter on Squeezing Epic Sound Into Your Mobile". Cell Play: Página 10 pp..
  5. Danny Cowen (25 de junho de 2009). Activision Taps Glu for Mobile Modern Warfare 2, Guitar Hero 5. Gamasutra. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  6. a b c Spanner Spencer (3 de dezembro de 2009). Guitar Hero 5. Pocket Gamer. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  7. Levi Buchanan (2 de abril de 2007). Guitar Hero Mobile Lives! wireless.IGN.com. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  8. Levi Buchanan (29 de outubro de 2007). Guitar Hero Mobile Preview wireless.IGN.com. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  9. a b c Levi Buchanan (10 de dezembro de 2007). Guitar Hero Mobile Review wireless.IGN.com. Página visitada em 17 de dezembro de 2007.
  10. a b Hands-On Mobile (Guitar Hero III Mobile product page). Hands-On Mobile HandsOn.com (10 de dezembro de 2007). Página visitada em 5 de maio de 2011.
  11. Guitar Hero III: Backstage Pass Is Ready to Rock Your Phone. IGN (18 de julho de 2008). Página visitada em 5 de maio de 2011.
  12. a b c Spanner Spencer (15 de outubro de 2008). Guitar Hero III: Backstage Pass. Pocket Gamer. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  13. Levi Buchanan (3 de dezembro de 2008). Guitar Hero World Tour Mobile Review. IGN. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  14. a b Guitar Hero 5 Mobile. Glu Mobile. Página visitada em 5 de março de 2011.
  15. a b Andrew Podolsky (1 de fevereiro de 2008). Guitar Hero III Mobile (Wireless). 1UP.com. Página visitada em 5 de maio de 2011.
  16. Verizon Wireless Customers Can Rock Out With The Guitar Hero III Mobile Game. Verizon Wireless (20 de dezembro de 2007). Página visitada em 5 de maio de 2011.
  17. Jessica Dolcourt (25 de outubro de 2007). 'Guitar Hero Mobile' sneak peek: It rocks. CNET Networks. Página visitada em 6 de maio de 2011.
  18. 2008 BREW Developer Awards. Qualcomm (2008). Página visitada em 6 de maio de 2011.
  19. Levi Buchanan (3 de dezembro de 2008). Guitar Hero World Tour Mobile Review. IGN. Página visitada em 6 de maio de 2011.
  20. Andrew Podolsky (13 de junho de 2008). 'Guitar Hero Mobile' a Smashing Success. PC Magazine. Página visitada em 6 de maio de 2011.
  21. 13th Annual Webby Awards Nominees & Winners. Webby Award (4 de maio de 2009). Página visitada em 6 de maio de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]