Gush Etzion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Túnel para Gush Etzion

Gush Etzion (em hebraico: גּוּשׁ עֶצְיוֹן, lit. Bloco Etzion) é um grupo de assentamentos judeus estabelecidos na década de 1920 ao sul de Jerusalém e ao norte da região denominada Monte Hebron, no sul da Cisjordânia, e destruído durante a Guerra árabe-israelense de 1948. Era formado por Kfar Etzion, Massu'ot, Ein Tzurim e Revadim. Os três primeiros estiveram alinhados com a ortodoxia religiosa, e Revadim com os Hashomer Hatzair (Jovens Guardas).[1]

Gush Etzion refere-se também às quatro colônias israelitas estabelecidas no local depois da Guerra dos Seis Dias (1967), e aos assentamentos que expandiram a área do Bloco Etzion.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Gorenberg (2007), p. 19
  2. POICA (1-12-2000). An Overview of the Expansions in the Etzion Settlement Block. Visitado em 10-10-2009.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Gorenberg, Gershom. The Accidental Empire: Israel and the Birth of the Settlements, 1967-1977. [S.l.]: Macmillan, 2007. ISBN 0805082417.