Gustavus Hesselius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gustavus Hesselius
Auto-retrato (ca. 1740)
Nascimento 1682
Dalarna, Suécia
Morte 25 de maio de 1755 (73 anos)
Filadélfia, Estados Unidos
Nacionalidade Suécia sueca
Estados Unidos norte-americana
Área Pintura

Gustavus Hesselius (1682 – 25 de maio de 1755) foi um pintor sueco que emigrou para a América em 1711. Ele era o pai do pintor John Hesselius e primo do líder religioso Emanuel Swedenborg.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Hesselius deixou seu país natal, a Suécia para se estabelecer em Wilmington, Delaware em 1711. Lá ele viveu até 1717, quando mudou-se para Filadélfia, Pensilvânia, onde viveu até 1721. Em 1721, ele se mudou para o Condado de Prince George's, Maryland, e se tornou um pintor de retratos. Nesse mesmo ano, recebeu a primeira encomenda de arte conhecida do público nas colônias americanas[2] , pintou A Última Ceia. Também pintou uma crucificação. Por volta de 1735, Hesselius voltou à Filadélfia, onde passou o resto de sua vida. Ele foi listado como membro do Gloria Dei (Old Swedes') Church da Filadélfia.[3]

Lappawinsoe, (1735)

.

Hesselius também trabalhou como um construtor de órgãos[4] , tendo construído um órgão para a Igreja Moraviana em Bethlehem, Pensilvânia, em 1746. Dessa época em diante, ele se dedicou à construção de órgãos, encaminhando as encomendas de pinturas para seu filho John.

Em 1994 ele foi nomeado para o salão da fama do Condado de Prince George's.[5]

Referências

  1. Chuck's Genealogy. Rootsweb. Página visitada em 25 de novembro de 2012.
  2. Schwarz Gallery - Gustavus Hesselius. Schwarz Gallery. Página visitada em 25 de novembro de 2012.
  3. Gloria Dei (Old Swedes') Church. Colonial Swedes. Página visitada em 25 de novembro de 2012.
  4. Gustavus Hesselius (1682 - 1755 ). ETTC. Página visitada em 25 de novembro de 2012.
  5. The Prince George's Hall of Fame. Prince George's County Historical Society (2003). Página visitada em 25 de novembro de 2012.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jacob Hall Pleasants. Two Hundred and Fifty Years of Painting in Maryland. Baltimore, Maryland: Baltimore Museum of Art, 1945. 78 pp.
  • Jack L. Lindsey; Richard S. Dunn, Edward Carlos Carter, Richard H. Saunders. Worldly Goods, The Arts of Early Pennsylvania, 1680–1758. Filadélfia, Pensilvânia: Philadelphia Museum of Art, 2009. 266 pp. ISBN 0876331304