Hōshin Engi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Hoshin Engi
封神演義
(Hōshin Engi)
Capa do primeiro volume de Hoshin Engi publicado pela Shueisha.
Gênero Fantasia
Mangá
Autor Ryu Fujisaki
Editora(s) Japão Shuiesha
Revista Weekly Shōnen Jump
Data de publicação 1995 – 1999
Volumes 23
Anime
Senkaiden Hōshin Engi
Direção Junji Nishimura
Estúdio Studio DEEN
Exibição original 4 de julho de 1998 – 26 de dezembro de 1998
Emissoras de TV Japão TV Tokyo
Emissoras lusófonas Brasil Locomotion, Animax
Nº de episódios 26
Novel
Escritor: Tsutomu Ano
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Hōshin Engi (封神演義?), conhecido no Brasil como Soul Hunter é um anime e mangá de Ryu Fujisaki. O mangá foi publicado entre 1965 e 1999 na revista Weekly Shōnen Jump e depois foi compilado em 23 tankōbon, com 204 capítulos, mais tarde, entre 2004 e 2005 foram compilados em 18 kazenbans. Em 1998 foi adaptado para anime com o nome de chamado de Senkaiden Hōshin Engi (仙界伝 封神演義?) pelo Studio DEEN[1] e teve 26 episódios. No Brasil o anime foi transmitido pelas extintas emissoras Locomotion[2] e Animax Brasil.[3]

Enredo[editar | editar código-fonte]

A história envolve um lendário conto da China, baseado no antigo Fengshen Yanyi, sobre o último membro da dinastia Yin e as conspirações para derrubá-lo.

Taikoubou é um jovem mágico com uma missão muito perigosa, acabar com os espíritos malignos na época de escuridão. A missão é salvar um imperador que foi enfeitiçado por uma poderosa bruxa e se converteu em fantoche. O país está em estado de caos e espíritos malignos andam por todas partes.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Taikobo (太公望, Taikōbō?): É o protagonista da série. É o melhor discípulo de Genshitenson na montanha Kongrong e recebe dele a lista dos Hoshins e torna-se o estrategista que ajuda a Dinastia Zhou. Usa sua inteligência e astúcia para derrotar seus inimigos. Apesar de sua aparência jovial, seu gosto para pessegos e doces, e seu ódio de medicamentos e injeções, Taikoubou tem 72 anos de idade, o qual demonstra na sua fala e em seu comportamento.
  • Supushan (四不象, Sūpūshan?): Animal sagrado destinado a ajudar Taikoubou, parece um hipopótamo branco com um pouco de cabelo cinza e sempre tem uma esfera azul em suas mãos.
  • Nataku (哪吒?): É um paopei humano. Desprovido de sentimentos, uma verdadeira arma humana.
  • Yozen (楊戩, Yōzen?): Aparece para testar Taikoubou e ajudá-lo em sua missão.
  • Raishinshi (雷震子?): É o 100° filho do imperador Ki-shou.
  • Ko Hiko (黄飛虎, Kō Hiko?): Pai de Tenka e Tenshyou, e também um dos protetores dos membros da dinastia Yin.
  • Ko Tenka (黄天化, Kō Tenka?): Filho de Kou Hiko.
  • Ko Tenshyou (黄天祥, Kō Tenshō?): Outro filho de Kou Hiko.
  • Chu Ou (紂王, Chūō?): O último imperador da dinastia Yin. A princípio foi um bom imperador até o demônio Makki aparecer e passar a controlá-lo.
  • So Dakki (蘇妲己?): É a principal vilã, que controla a mente do imperador e último membro da dinastia Yin.

Mídias[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

O mangá Hoshin Engi foi escrito e ilustrado por Ryu Fujisaki e foi originalmente publicado na revista Weekly Shōnen Jump entre 1996 e 2000.[4] [5] Os 204 capítulos resultantes foram compilados em 23 tankōbon que foram publicados pela Shueisha entre 1 de novembro de 1996 e 22 de dezembro de 2000.[6] [7] A editora também lançou o mangá em forma de kanzenban entre 4 de julho de 2005 e 4 de abril de 2006, o que gerou dezoito volumes.[8] [9] Hoshin Engi ainda foi publicado como parte da série Shueisha Jump Remix, um total de dez volumes foram publicados entre janeiro e maio de 2008.[10] [11]

Jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

Cinco jogos baseado na série foram criados. A Bandai criou dois deles para a companhia Sony, ambos para PlayStation, Senkai Taisen ~TV Animation Hōshin Engi yori~ (仙界大戦~TVアニメーション仙界伝封神演義より~?), lançado em 29 de julho de 2000[12] e Senkai Tsūroku Seishin ~TV Animation Hōshin Engi yori~ (仙界通録正史~TVアニメーション仙界伝封神演義より~?) lançado em 29 de março de 2001.[13] A mesma companhia ainda desenvolveu outros dois jogos para WonderSwan, Senkaiden ~TV Animation Hōshin Engi yori~ (仙界伝~TVアニメーション仙界伝封神演義より~, Senkaiden ~TV Animēshon Senkaiden Hōshin Engi yori~?), lançado em 24 de fevereiro de 2000[14] e Sekaiden Ni ~TV Animation Hōshin Engi yori~ (仙界伝弍~TVアニメーション仙界伝封神演義より~?), lançado em 21 de dezembro de 2000.[15] A Banpresto também produziu um jogo baseado em Hoshin Engi, Senkai Ibunroku Juntei Taisen ~TV Animation Hōshin Engi yori~ (仙界異聞録 準提大戦~TVアニメーション仙界伝封神演義より~?), lançado em 24 de novembro de 2000 para Game Boy Color.[16] Taikobo, Dakki, Sibuxiang e Otenkun também estiveram presentes no jogo Jump Ultimate Stars para Nintendo DS.[17]

Recepção[editar | editar código-fonte]

No Japão, o mangá vendeu mais de treze milhões e trezentas cópias.[18] Em 2007, para Deb Aoki do site About.com, Hoshin Engi foi o segundo melhor novo mangá shōnen, empatado com Spiral: The Bonds of Reasoning e atrás de Gintama.[19]

Referências

  1. テレビシリーズ (em japonês) Studio Deen. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  2. Um pouco sobre a Locomotion (em português) Globo.com. RioSulNet (8 de fevereiro de 2011). Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  3. Animax (Brasil) (em inglês) Anime News Network. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  4. Fujisaku, Ryu. (1996). "封神の書" (em japonês). Weekly Shōnen Jump (28). Shueisha.
  5. Fujisaku, Ryu. (2000). "あとしまつ下" (em japonês). Weekly Shōnen Jump (47). Shueisha.
  6. 封神演義 1 (em japonês) Shueisha. Página visitada em 1 de setembro de 2012.
  7. 封神演義 23 (em japonês) Shueisha. Página visitada em 1 de setembro de 2012.
  8. 封神演義 完全版 1 (em japonês) Shueisha. Página visitada em 1 de setembro de 2012.
  9. 封神演義 完全版 18 (em japonês) Shueisha. Página visitada em 1 de setembro de 2012.
  10. 封神演義 封神計画始動!!編 (SHUEISHA JUMP REMIX) (em japonês) Amazon. Página visitada em 2 de setembro de 2012.
  11. 封神演義 封神計画始動!!編 (SHUEISHA JUMP REMIX) (em japonês) Amazon. Página visitada em 2 de setembro de 2012.
  12. 仙界大戦~TVアニメーション仙界伝封神演義より~ (em japonês) Bandai Games Channel. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  13. 仙界通録正史~TVアニメーション仙界伝封神演義より~ (em japonês) Bandai Games Channel. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  14. 仙界伝~TVアニメーション仙界伝封神演義より~ (em japonês) Swan Channel. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  15. 仙界伝弍~TVアニメーション仙界伝封神演義より~ (em japonês) Swan Channel. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  16. 仙界異聞録 準提大戦~TVアニメーション仙界伝封神演義より~ (em japonês) Banpresto. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  17. ジャンプアルティメットスターズファーストアルティガイド. [S.l.]: Shueisha, 2006. 200 pp. ISBN 4-08-779392-3
  18. The Rise and Fall of Weekly Shonen Jump: A Look at the Circulation of Weekly Jump (em inglês) Comi Press (6 de maio de 2007). Página visitada em 18 de janeiro de 2012.
  19. Deb Aoki. 2007 Readers Poll: Best New Shonen Manga (em inglês) About.com. Página visitada em 18 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]