Haley James Scott

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}
Haley Bob James Scott
Personagem de One Tree Hill
Nascimento 1988
Origem Tree Hill
Sexo Feminino
Actividade(s) Estudante
Professora
Garçonete
Família Nathan Scott (Marido)
James Lucas Scott (Filho)
Lydia Bob Scott (Filha)
Lydia James (Mãe)
Jimmy James (Pai)
Quinn James (Irmã mais velha)
Taylor James (Irmã mais velha)
Amigo(s) Lucas Scott
Brooke Davis
Peyton Sawyer
Mouth MacFadden
Skills Taylor
Criado por Mark Schwahn
Seriado(s) One Tree Hill
Primeira aparição Piloto (2003)
Interpretado por Bethany Joy Galeotti
IMDb IMDb
TV.com TV.com
Projecto Televisão  · Portal Televisão

Haley Bob James Scott é uma personagem fictícia no seriado de TV One Tree Hill, da The CW, interpretada por Bethany Joy Galeotti. Haley é inicialmente introduzida como a melhor amiga de Lucas Scott e se torna, eventualmente, sua cunhada, após o casamento com Nathan Scott, no primeiro ano do Ensino Médio. Com o progredir da série, Haley se torna amiga de de Brooke Davis e Peyton Sawyer, com quem mantém amizades leais. No fim da sexta temporada, Peyton e Lucas saem de Tree Hill, tornando Haley e Brooke melhores amigas. Brooke é, inclusive, madrinha de Jamie, seu primeiro filho.

Desenvolvimento da Personagem[editar | editar código-fonte]

História de Haley[editar | editar código-fonte]

Haley foi criada por Jimmy e Lydia James (Bess Armstrong) numa grande família, incluindo Taylor (Lindsey McKeon) e Quinn James (Shantel VanSanten). Sempre teve notas boas e é a mais esforçada da família. Seu melhor amigo é Lucas Scott (Chad Michael Murray), de quem é amiga desde a infância. Quando Lucas se junta aos Ravens, time de basquete da escola, seu meio-irmão Nathan (James Lafferty) decide atormentar a vida de Lucas. Ele escolhe Haley como alvo, apenas para provocar o irmão. Mas, seus planos não dão certo, já que Nathan acaba se apaixonando por Haley e vice-versa, o que resulta em seu casamento e a perda da virgindade de Haley com Nathan. Além de Nathan, Haley também cria laços com as principais cheerleaders do time, Peyton Sawyer (Hilarie Burton) e Brooke Davis (Sophia Bush).

Haley e Nathan passam por momentos difíceis quando tem de repartir os sonhos pessoais do basquete e da música. Seu sonho de ser uma cantora quase destrói o casamento quando ela decide deixar o marido em Tree Hill e sair pelos Estados Unidos em turnê ao lado de Chris Keller (Tyler Hilton), um rockstar jovem de sucesso. Quando Haley volta, o casal continua separado. Nathan a expulsa de casa e ela vai morar com Brooke, tornando-se uma cheerleader da Tree Hill High. Ela e Nathan logo se reaproximam e casam-se novamente numa segunda cerimônia. No último ano do colegial, Haley descobre que está grávida. Enquanto não tem o filho, Haley continua trabalhando no Karen's Café e ajudando alunos dando aulas particulares na escola.

Assim que a história cresce, ela constrói amizades verdadeiras com Peyton, Brooke, Mouth e os outros amigos do grupo. Trabalha com Peyton e as duas sonham com música. Abrem uma pequena gravadora, Red Bedroom Records, onde juntas descobrem novos artistas, e Haley grava seu segundo CD. Ela também rezou a cerimônia do casamento de Lucas e Peyton, já que não teve a presença de um padre. Ela é tia de Sawyer Brooke Scott, filha do casal. Quando eles partem de Tree Hill com a filha, Haley e Brooke se aproximam ainda mais, construindo uma amizade forte e consistente.

História por temporada[editar | editar código-fonte]

1ª temporada[editar | editar código-fonte]

Haley hesita um pouco no começo quando seu melhor amigo, Lucas, decide se juntar aos Ravens, turma de basquete de Tree Hill High. Isso logo afeta Nathan, que também é jogador do time, e conhecido por ser o "bad boy" da escola. Irritado, Nathan resolve pedir aulas particulares para Haley, na intenção de destruir o relacionamento dos dois. Haley decide ajudar Nathan se ele deixar Lucas em paz. Porém, quando ele descobre, fica muito irritado com Haley, que prometeu parar de dar aulas. Após o fim do namoro de Nathan e Peyton, ele e Haley se aproximam. Depois de muitas brigas, incluindo a vergonha de ficar com Haley na frente dos amigos, Nathan e ela resolvem finalmente ficar juntos, tentando mantê-la sem brigar com Lucas. Ela fica brava ao descobrir que, no começo, sua única intenção com ela era atingir o meio-irmão, mas perdoa Nathan por ele estar realmente apaixonado por ela. Haley começa também uma amizade com Peyton, pessoa que início, não gostava. Haley encontra ela, Lucas e Brooke em um triângulo amoroso. Além disso, Haley tem de aguentar a hostilidade vinda dos pais do namorado, Deb e Dan Scott. Com o casamento em crise, Nathan fica cada vez mais esgotado com as brigas dos pais. Haley aconselha Nathan a pedir emancipação dos dois. Depois do processo aceito, ela e Nathan se mudam, juntos, para um pequeno apartamento. Certa manhã, Haley mostra a Nathan uma tatuagem que havia feito. O desenho era de um número, 23, que também é a camisa de Nathan no time de basquete. Ele não entende porque eles ainda não transaram se ela faz tatuagens para o namorado. Prometida a perder sua virgindade após o casamento, Nathan sempre a respeitou. Porém, após descobrir que Nathan vê conteúdo pornográfico na internet, ela se torna insegura quanto ao relacionamento dos dois. Nathan se declara para Haley na chuva. Apaixonados, entram em casa e os dois transam. Enquanto isso, Lucas resolve sair de Tree Hill e ir morar em Charleston com seu tio Keith. Em sua despedida, Lucas se assusta quando a amiga conta que perdeu a virgindade. Nathan abraça Haley e ela explica que eles haviam se casado na noite anterior.

2ª temporada[editar | editar código-fonte]

Assim que o casamento continua, Haley e Natham se deparam com dificuldades na vida de um casal jovem, e percebem que seu casamento pode ter adiado os sonhos de ambos; Tanto de Nathan no basquete, quanto de Haley na música. Com a chegada da irmã de Haley, Taylor, o casal tem a sua primeira grange briga, e é revelado que Nathan perdeu sua virgindade com Taylor, tempos atrás. Além disso, chega Chris Keller, um músico egocêntrico e talentoso, que vê em Haley um sucesso musical. Os problemas aumentam quando Nathan fica com ciúmes, assim que Chris e Haley começam a passar mais tempo juntos, gravando um dueto, "When The Stars Go Blue". Chris insiste na dupla e diz que ele e Haley tem uma conexão musical forte. Nathan se irrita ainda mais quando percebe que os sentimentos de Chris por Haley não são tão platônicos assim. Quando é oferecida a oportunidade única de Haley sair em turnê com Chris, The Wreckers (Michelle Branch e Jessica Harp) e Gavin DeGraw e após confessar que ela beijou o cantor, Nathan dá a Haley um ultimato: Se ela sair em turnê, o casamento está acabado. Haley, sofrendo, decide seguir seus sonhos. Ela aceita a proposta de Chris Keller, diferente de Nathan, que recusou a proposta de jogar nos High Flyers, um grande time de basquete, apenas para ficar com a esposa. Ela abandona Nathan, que fica sem razão em sua vida, enquanto Haley toca boa música para grandes públicos em grandes palcos. Depois de muitos tristes pensamentos por ter abandonado o marido, Nathan visita Haley, mas ele não a convence a voltar para Tree Hill. Perto do fim da temporada, ela recebe um documento de anulação do casamento com ele, o que a deixa nostálgica e arrependida. Em seguida, ela recebe a visita de Lucas e Brooke em um de seus shows em Nova York. Lucas conta a ela que ao mesmo tempo que está orgulhoso da melhor amiga, ele se sente mal por ela ter abandonado o Nathan. No fim da visita, os dois convencem Haley a voltar para a cidade. Nas cenas finais da temporada, ela aparece na porta da casa dos Scott, mas suas intenções não são reveladas até o começo da terceira temporada.

3ª temporada[editar | editar código-fonte]

Desde o início da terceira temporada, Haley volta para Tree Hill para descobrir todas as coisas que mudaram durante sua ausência. Embora ela lute pelo eterno amor por Nathan e implore a ele por perdão, o casamento continua indo por água a baixo. A raiva de Nathan e a dificuldade de confiar em Haley leva ele a continuar considerando o divorcio. Haley também descobre que sua amiga mais próxima, Peyton, não está mais falando com ela por também ter ficado magoada. Haley enfrenta um dilema, pois, desde que Nathan voltou para casa, e seus pais estão viajando pelo país, ela não tem onde morar. Então, ela se muda para o apartamento que vivia com Nathan, agora tornando-se companheira de Brooke, tornando-se logo uma cheerleader. Apesar de muitos relacionamentos na sua vida estarem ruins, ela se reconecta facilmente com Lucas, o qual perdão vem mais rápido que o de Nathan. Assim, os dois entram para seu último ano de colegial da mesma forma que entraram no primeiro: unidos contra o "mundo". Haley é uma das poucas pessoas que sabe do problema de saúde de Lucas. Ela implora para ele parar de jogar basquete. Preocupada com a segurança do amigo, ela ameaça contar para Whitey Durham (Brian Dale), o técnico dos Ravens, se o próprio Lucas não fizer. Nathan e Haley se reaproximam e eventualmente reatam o romance, fazendo as pazes transando. Desse jeito, os dois chegam a conclusão de que o amor que sentem um pelo outro é grande demais para deixar isso afetar o casamento. Mesmo com muitas coisas para discutir e muitos obstáculos para ultrapassar, os dois ficam juntos. Ela logo reconcilia também a amizade com Peyton, que admite: Depois de tantas perdas na vida, ela estava frustada com a amiga por ter partido, mas Haley teria sido a única pessoa que prometeu voltar para sua vida e cumpriu. Haley finalmente concilia a vida de casada com a música, gravando a música "Halo" para o CD "Friends With Benefits", produzido por Peyton para luta contra o câncer de mama.
Porém, Jimmy Edwards (Colin Fickes) trás uma arma para escola na tentativa de um ataque por sofrer bullying, e, infelizmente, Nathan e Haley acabam presos na mesma sala do jovem. Após a morte de Keith Scott (''Craig Sheffer''), eles resolvem morar juntos novamente. Durante o fim de semana num chalé, Haley aceita animada o pedido de casamento de Nathan, na frente de todos os queridos amigos. O casamento é realizado na Season Finale da terceira temporada, junto com a dúvida de Haley sobre uma suposta gravidez e um intenso acidente que envolve Nathan. A temporada acaba com a jovem gritando por ajuda.

4ª temporada[editar | editar código-fonte]

No Season Premiere da quarta temporada, Brooke é vista como grávida, mas passados alguns episódios, descobrem que, na verdade ela estava "cobrindo" a gravidez de Haley. Quando ela finalmente conta à amiga que não aguenta mais fingir a gravidez, Haley percebe que é a a hora de encarar Nathan e contar sobre o bebê. Pelas dívidas que acumulam para o casal, ela trabalha em turnos extras no Karen's Café, além de dar aulas particulares de matemática para Rachel Gatina (Danneel Ackles). No dia do Campeonato de Estado de Basquete, Haley é encontrada no chão do banheiro com dor. As outras garotas, incluindo Rachel, Peyton e Brooke levam a amiga para a emergência do hospital às pressas. O doutor disse que ela ficaria bem, que seu problemas eram apenas stress, e que ela carregava um filho homem. Depois do campeonato, Haley foi atropelada por um carro que, supostamente, era para atingir Nathan. Quem diriga era Daunté, por vingança da "traição" de Nathan depois de receber dinheiro emprestado. Após uma série de cirurgias, os médicos conseguiram ouvir o coração do bebê, para a alegria do casal. Após Nathan contar à esposa o que fez, ela fica extremamente irritada, mas o perdoa, eventualmente. Em seguida, Nathan dá um presente à Haley: um vestido de formatura para grávidas, após ter ganho dinheiro no concurso de strip-tease dos jogadores de basquete. Haley faz um teste vocacional e descobre que, se não conseguir uma carreira na música, será professora. Ela também tem medo de não encontrar um lugar seu ao mundo, e se sente assim de vez em quando. No episódio 13, "Fotos suas" (Pictures of You), Skills (Antwon Tanner) garante à amiga que ela será alguém, e ele assegura-se de cuidar dela. Enquanto isso, a pessoa que roubou uma prova de cálculo da escola não é encontrada, fazendo a turma inteira ter de refazer a avaliação. Rachel põe o nome de Brooke na prova dela, então, o diretor Turner (Shawn Shepard) acusa a jovem. Ele discute com Haley e ela se arrepende de ter dado aulas à Rachel. Ela também perde o estágio de professora particular por ter deixado a chave da sala de aula com um aluno.
Em uma festa no mesmo dia, Haley confronta Rachel sobre o roubo da prova (e também por ter dado em cima de Nathan) e dá um tapa na cara dela. Elas ameaçam começar uma briga, mas Skills impede Haley e a pede para sair. Rachel também perde a amizade de Brooke por ter enviado os desenhos da amiga à Victoria's Secret. Como se não bastasse, no fim da festa, é exposto na TV um sex-tape de Nathan e Brooke, gravado durante uma traição do rapaz enquanto namorava Peyton. Grávida, Haley fica chocada e super-depressiva. Ela pede ao marido uma lista de todas as garotas que ele já dormiu, mas no fim, não lê, pois ele garante à esposa que, de todas, ela é a única que amou de verdade. Enfim, o casal vai ao baile de formatura juntos e estão muito felizes. Dias depois, eles vão para Honey Grove, Texas, ajudar Mouth (Lee Norris). Lá, ela descobre que foi Brooke quem roubou a prova de matemática. No começo, fica brava, mas no fim, perdoa a amiga. Quando voltam à Tree Hill, o diretor fala que Haley não poderá ser a oradora da formatura pelos pontos que faltam para Nathan passar de ano. Ele vai à aulas extras e quita seu saldo negativo de horas na escola. Então, Haley começa a escrever o discurso. Ela visita o técnico Whitey para conversar sobre Nathan. Já na formatura, no meio do discurso, enquanto cita William Shakespeare, ela começa a rir descontroladamente e se contorce de dor. Ninguém entende nada até Haley falar: "Me desculpem, eu escrevi mais, mas... Eu acho que estou tendo meu bebê". Nathan se levanta da plateia e os dois se olham. Assim, ela dá o nome ao filho de James Lucas Scott, mais conhecido como Jamie. Ela também faz as pazes com Rachel, ainda que elas tenham uma amizade não muito boa. A temporada acaba com os amigos na Rivercourt, quadra aberta onde se reúnem para conversar e jogar basquete.

Anos "Perdidos"[editar | editar código-fonte]

A quinta temporada dá um salto de 5 anos na vida de todos em Tree Hill. É explicado como período da faculdade, onde cada personagem seguiu sua vida. Haley, como dito, fez curso de Inglês para ser professora. Nathan consegue seguir seus sonhos e se torna um famoso jogador de basquete da liga NBA. Eles dividem sua vida com o filho, Jamie. Lucas continua em Tree Hill, Brooke se muda para Nova York, Peyton para Los Angeles. Após esse tempo até a oitava temporada, Whitey, Karen, Deb e outros personagens deixam de ser regulares. Dan e Rachel são vistos novamente na sétima temporada.

5ª temporada[editar | editar código-fonte]

Haley aparece de cabelos curtos na quinta temporada. 5 anos depois, Jamie já é uma criança amadurecida e cheia de dúvidas quanto ao comportamento do pai. Lutando pela sobrevivência de seu casamento e tentando achar a melhor forma de cuidar de seu filho, Haley contrata uma babá chamada Carrie (Torrey DeVitto). Ela se torna professora de inglês na Tree Hill High e sofre de abuso sexual por Quentin Fields (Robbie Jones), a nova estrela dos Ravens. Ela ameaça o garoto à expulsá-lo de sala se não mudar o comportamento, e isso acarretaria em uma expulsão mútua do time. Além disso, ainda tem de aguentar Nathan e seu problema com álcool. Ele entrou em uma briga, tempo atrás e caiu de costas no chão, perdendo o movimento das pernas e não podendo mais ser jogador de basquete. Ela avisa o marido várias vezes que deve mudar seu comportamento se ele ainda quer viver com a mulher e o filho. Haley também convence Peyton à assinar contrato com Mia Catalano (Kate Voegele) na Red Bedroom Records, gravadora das duas. Chegando tarde do trabalho, Haley vai ao quarto de Jamie dar um beijo no filho e encontra um desenho dele de mãos dadas com a babá e isso a preocupa. Ela começa a analisar a babá e perceber que ela é atraente, mas não se toca que Carrie dá em cima de seu marido constantemente. Ela também perde o primeiro jogo da temporada de basquete por ficar presa na biblioteca da escola com Peyton e Lindsey, atual namorada de Lucas. Quando vai para casa, encontra Nathan e Carrie no chuveiro juntos e expulsa ambos de casa.
Assim que a babá manipula Jamie à odiar a mãe, Nathan tenta de defender implorando por perdão e jurando ter sido Carrie a inapropriada. Entretanto, ele só consegue piorar a situação quando afirma que Carrie já havia o beijado antes. Jamie vê os pais brigando e pula na piscina sem saber nadar. Nathan pula na piscina e salva o filho. Ela diz ao marido que o casamento acabou, deixando o devastado. Quando Haley lê o livro de Lucas, ela percebe que ele ainda sente algo por Peyton e o chama, aconselhando o amigo a não casar com Lindsey Strauss (Michela McManus). No dia do casamento, após Lindsey o abandonar no altar, ela percebe que Jamie está sumido e se culpa pelo desaparecimento. Jamie volta para casa a noite com seu avô, Dan. Ela retoma a carreira de cantora quando resolve gravar um CD com Peyton. Após Dan dizer que está morrendo, ela tenta prevenir Jamie de passar o tempo com o avô. Ela aconselha Lucas a escolher com quem ele quer ficar, pois as pessoas ao redor estão preocupadas. Ela e Nathan reatam o casamento, após perceber que ainda o ama, e ambos decidem fazer terapia de casal para melhorar o casamento. Haley se surpreende quando o marido fala no que mais admira nela. No episódio 13 os dois se reconciliam.

6ª temporada[editar | editar código-fonte]

Haley inicialmente não tem cenas significantes mas aparece em algumas com Lucas, Nathan e Jamie. Ela é quem conta ao marido que Quentin foi baleado e morto. Ela recebe uma ligação de uma enfermeira do Tree Hill Hospital informando que Dan estava morrendo. Sabendo que Jamie não teve a chance de dizer adeus ao avô, ela leva o filho para o ver no hospital. Entretanto, ela não reconhece a voz de Carrie, que sequestrou Dan e estava usando-o para chegar a Jamie. Lá, Haley diz para Jamie esperar no carro enquanto ela vai ver Dan com tubos e drogado por remédios. Ela tira alguns tubos e pergunta o que está acontecendo. Ele tenta avisar Haley, mas a babá bate na cabeça de Haley, fazendo a desmaiar. Quando ela acorda, vê Jamie correndo na plantação de milho correndo da babá. Assim que eles se escondem, Nathan liga para Haley. Ela e o filho correm e a babá os perseguem, mas Deb atinge Carrie na cabeça com uma garrafa. Eles voltam para a casa onde Dan está e, próximo a entrada, Carrie é vista correndo atrás deles, quando uma arma atira: Dan matara a babá. Nathan ganha a chance de jogar Slamball enquanto Haley continua na gravadora. Jamie tem sua primeira apresentação na escola. Nathan também é convidado para jogar no Charleston Chifes e Haley torce pelo marido. Ela também auxilia Mia a achar inspiração para um novo álbum e ajuda Peyton quando a amiga anuncia que está grávida de Lucas, sendo convidada para ser madrinha. Após Nathan voltar da temporada de basquete, ele conta que está jogando na reserva, e que não está tão feliz como Haley pensa. Mesmo assim, ela continua indo aos jogos com o filho. Nathan tenta uma promoção no time, mas não consegue. Jamie é reconhecido pela sua inteligência e sua professora diz à Haley que ele é bom demais para estar na escola. Ela e Nathan levam o filho a uma escola especial, onde é trabalhada a concentração e o foco na inteligência, mas Jamie não se adapta, voltando à antiga escola. Nathan faz testes para os Bobcats, maior time da região e consegue a vaga. Haley e Nathan vibram e ele está oficialmente de volta à NBA. A sexta temporada termina com a saída de Lucas e Peyton de Tree Hill, quando Chad Michael Murray e Hilarie Burton não renovaram contrato por "não receberem um salário justo".

7ª temporada[editar | editar código-fonte]

Nesse começo de temporada, há um avanço de 14 meses. Mostrando que Haley ainda está gravando seu cd, e agora comanda a gravadora de Peyton, pois esta não está mais em Tree Hill. A inesperada visita de sua irmã Quinn (Shantel VanSanten), que está com sérios problemas no casamento vai dá reviravolta na vida de Haley. Os escândalos já começam com Nathan, que está exposto a mídia assim como sua família, por estar sendo acusado de engravidar uma mulher, Renée. Haley, fica extremamente chateada mas apoia o marido e acredita que o filho não seja dele. A mulher logo deixa Haley em dúvida ,mas ela supera suas desconfianças e coloca total confiança no marido. Logo Dan reaparece com um programa de palco, falando das experiências da vida entre outras coisas. A diretora do programa é Rachel, que agora, está casada com ele. Dan afirma em seu programa que Renée está mentindo, trazendo novamente certa estabilidade ao casal. Nathan acaba não renovando seu contrato com os Bobcats graças a uma má planejada gestão de seu agente, Clay Evans (Robert Buckley), o que acaba trazendo novas complicações para a família. É oferecido a Nathan um contrato na Espanha e Haley ganha, na gravadora, uma chance de sair em sua segunda turnê pelos Estados Unidos, na divulgação de seu novo CD. O casal enfrenta os problemas e resolve ir para a Espanha, mas Clay resolve o problema de Nathan em tempo e consegue ele de volta no time dos Bobcats. Nathan sai pelo país jogando com os Bobcats enquanto Haley e Jamie saem em turnê. Tempos depois, ela volta à Tree Hill para o último show, e Nathan já está de férias. Quando chegam em casa, uma nova surpresa: Sua irmã, Taylor James (Lindsey McKeon), está de volta a cidade casada com o ex-marido de Quinn, David Fletcher (Scott Holroyd). As três entram em guerra fria, e Taylor provoca as irmãs mesmo sabendo que David ainda gosta de Quinn. Para piorar, a mãe delas, Lydia James (Bess Armstrong). Ela volta a Tree Hill para avisar as filhas que está com câncer no pâncreas e que irá morrer logo. As três reagem de modos diferentes, enquanto Quinn coopera com a mãe, Haley desmorona e Taylor fica brava, tentando negar a situação. Ela queria que Haley e Quinn aceitassem Taylor como ela é, e também passar o resto do seu tempo com o neto, Jamie. Ela ajudou Quinn a abrir sua galeria de arte e aprovou seu relacionamento com Clay. Quanto à Haley, ela tentou convencê-la a ter outro filho. Ela morre mais rápido que seu médico esperava, chocando todos os seus familiares. Taylor sai da cidade. Haley entra em depressão.

A depressão[editar | editar código-fonte]

É apenas na sétima temporada que vemos Haley dando sinais de fraqueza e solidão. Aceitando mal a morte da mãe, Haley não consegue lidar com a situação. Além de ficar dias seguidos sem dormir, ela começa a pensar na vida e a pôr em dúvida sua existência e motivo de viver. Ela liga todos os dias para o celular da mãe contando seus pensamentos, sua vida e como está com saudades. Mas os problemas estão apenas começando: Haley começa a rejeitar Jamie e a brigar frequentemente com Nathan. Compreensivos, se afastam, mas não é suficiente. Haley acorda em várias noites e desce, fazendo ligações para a mãe. Haley tenta se matar afogada na piscina uma vez e põe fogo em seu piano. Quando Nathan e Quinn descobrem as ligações no celular de Lydia, eles agem juntos com Brooke, Clay e outros amigos. Por meio de diálogo, Haley vai melhorando aos poucos. No fim da temporada, fazem uma viagem para Utah, onde Haley brinca com o filho e está aparentemente melhor. É lá também que Haley conta à Nathan que está grávida novamente.

Bethany Joy Galeotti foi elogiada pela atuação na mídia. Na revista The New Yorker, dizendo que "Haviam tempos que One Tree Hill não tinha episódios perspicazes e com boas atuações".

8ª temporada[editar | editar código-fonte]

No começo da oitava temporada, Haley aparece na Rivercourt escrevendo uma carta fotográfica para Lucas. Ela enfrenta problemas com a gravadora, por estar com poucos artistas e consequentemente, pouco dinheiro. Mia Catalano volta a Tree Hill para gravar lá e ajudar na divulgação da gravadora. Haley conta a Brooke que está gravidas. Enquanto Quinn está inconsciente no hospital, ela convida a irmã a ser madrinha da filha que está esperando. Ela fica aliviada quando Quinn acorda e melhora rápido. Enquanto isso, Nathan diz que suas costas estão doendo muito e que esta temporada seria sua última na NBA. Ela trabalha com uma nova cantora em sua gravadora chamada Erin (Laura Izibor). Em seguida, One Tree Hill ganha seu episódio mais intenso: Em uma tempestade, Brooke cai de carro em uma ponte, e Jamie está com ela no carro. Os dois quase morrem, mas são salvos por Julian Baker (Austin Nichols), atual namorado de Brooke.
A moça, que está desempregada, resolve desenhar roupas de super-heróis para Haley e Quinn, e todas vão juntas à escola lutar contra o bullying. Preocupada consigo mesma, Haley também tem suas façanhas: Começa a fingir estar em trabalho de parto na frente de todos os amigos, apenas para ver como reagem e se farão a coisa certa. Nos últimos episódios da temporada, ela dá entrada no hospital para ter o bebê na mesma época que Chloe Hall (Leven Rambin) está tendo seu filho, que, supostamente, será adotado por Brooke e Julian. As coisas não dão certo para o casal, pois Chloe resolve ficar com a criança, mas logo, Brooke descobre que está grávida. Haley dá a luz à sua filha, a qual recebe o nome de Lydia Bob Scott. No último episódio da série, Haley decide reabrir o Karen's Café, e tem Brooke como sócia do investimento. A história parte, então, para a sua última temporada.

9ª temporada[editar | editar código-fonte]

A nona e última temporada foi produzida em apenas 13 episódios, na intenção de concluir a série e as histórias dos personagens. Estreou dia 13 de janeiro no The CW.