Half-Life 2: Episode One

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Half-Life 2: Episode One
Desenvolvedora Valve Software
Distribuidora EA Games (lojas)
Activision Blizzard (via Steam)
Motor Source Engine
Plataforma(s) PC, Xbox 360, Play Station 3
Série Haf-life
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Tiro em 1ª pessoa
Survival Horror
Ficção científica
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Classificação Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)
Mídia download, DVD, BD
Controles teclado, mouse; Dualshock 3; gamepad
Idioma Inglês, Francês, Alemão, Italiano, Coreano, Espanhol, Russo, Chinês Simplificado, Chinês Tradicional, Tailândes
Traduções Holandês, Dinamarquês, Finlandês, Japonês, Norueguês, Polonês, Português, Sueco
Último
Último
Half-Life 2
Half-Life 2: Episode Two
Próximo
Próximo

Half-Life 2: Episode One (inicialmente chamado de Half - Life 2: Aftermath) é a 1ª parte de uma trilogia de expansões para o jogo de tiro em 1ª pessoa da Valve software para PC, Half-Life 2. O episódio tem início logo após o final de Half Life 2, após a rebelião em City 17. O jogador é forçado a arcar com as consequências dos eventos que ocorreram no jogo principal.

No Brasil, o jogo é comercializado pela EA do Brasil. Seu lançamento se deu no dia 23 de Junho de 2006. Após um mês de pré-venda, o software já pode ser encontrada nos sites especializados, como Blockbuster, Submarino, entre outros.

De acordo com uma entrevista recente com os desenvolvedores, [1] os episódios 1 ao 3 são vistos como o próprio Half-Life 3, e não como pacotes de expansão. Contudo, oficialmente, esta trilogia é uma expansão direta de Half Life 2.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Após a explosão da torre da cidatel, Gordon se encontra mais uma vez com o misterioso G-Man, porém desta vez ele e Alyx são resgatados pela raça alienígena xen, os Vortigauns. Após esse golpe de sorte, os dois se encontram nas proximidades da cidatel, sem saber ao certo como sobreviveram. Os dois recebem uma mensagem do Doutor Eli e o Doutor Isaac dizendo que o reator da Cidatel entrou em colapso e explodirá em algumas horas, e que a única chance de Alyx e Gordon de sobrevivência seria entrar de novo na Cidatel, ir a sala do reator e achar alguma forma de atrasar a fusão do núcleo.

Sendo assim, os dois entram novamente na Cidatel com uma pequena ajuda de DOG. Lá dentro, eles veem o caos que em pouco tempo tomou o lugar, literalmente a Cidatel está explodindo de dentro para fora.

Após longos combates, os dois chegam a uma estranha sala onde Alyx e Gordon assistem antigas transmissões do doutor Breen falando com uma criatura, dizendo que se ele quiser sobreviver ao clima do planeta seria necessário que ele ficasse em um hospedeiro, mas antes de ouvir o final da gravação uma estranha criatura aparece na tela fazendo ruídos ensurdecedores, deixando Alyx e Gordon desnorteados.

Momentos depois, os dois conseguem entrar na sala do núcleo, mas agora Gordon precisa entrar sozinho, por causa da intensa radiação, para poder ativar o módulo de contenção do núcleo. Depois de fazer isso ele se encontra novamente com Alyx, que fala que descobriu que a causa da Cidatel estar prestes a explodir é porque os próprio combines a estão sacrificando para mandar uma única transmissão de conteúdo e destinatário desconhecido. Alyx grava o conteúdo da transmissão para que ele seja analisado mais tarde (provavelmente no Episode Two).

Alyx também descobre que a Doutora Mossman, que comanda parte da resistência, está sofrendo sérios ataques dos combines. Ela e Gordon conseguem fugir da Cidatel através do sistema de trem dos Combines usando um vagão de transporte Stalker. Entretanto, terremotos causados pelas fortes explosões da Cidatel tiram o trem dos trilhos, causando um enorme acidente.

Gordon e Alyx ficam presos embaixo da cidade num túnel rodoviário. Após longos combates com Zombines (Combines zumbis), Antlions e Headcrabs, os dois alcançam a superfície, onde veem que a cidade inteira já foi destruída. Olhando no telão onde costumava ficar as mensagens de ditadura do Doutor Breen, estava Isaac dando um alarme dizendo a todos para se dirigirem à única estação de trem que restou da cidade para evacuação imediata.

Gordon e Alyx assim começam a abrir caminho pela cidade devastada com ajuda de alguns lutadores da resistência. Tendo que enfrentar os poucos combines que ainda estão na cidades, e agora com as máquinas combines que repeliam os antlions desligadas, eles começam a invadir o que restou da cidades através de túneis. Os dois, tempos depois, se encontram com Barney que indica um caminho mais rápido através do hospital.

Depois os dois se encontram novamente com Barney ao lado da estação e Gordon terá que dar cobertura contra os combines para que os sobreviventes consigam entrar na estação. Após isso só restam Alyx e Gordon, que planejam pegar o último trem para fora da cidade, mas são impedidos por um último ataque de striders. Após isso Alyx e Gordon conseguem fugir de trem.

Mas antes do fim, pode se ver que eles não impediram a transmissão e de qualquer forma ela acontece. Milhares de naves combines fogem para fora da cidade, quando, depois de ter mandado a transmissão, a Cidatel e a cidade inteira explodem numa enorme explosão nuclear e o jogo termina, ao contrário dos outros, numa luz brilhante.

HDR[editar | editar código-fonte]

Episode One utiliza a mesma engine Source do Half-Life 2 e também trará a nova tecnologia de iluminação dos jogos da Valve, HDR. HDR não significa High Definition Rendering, como muitos pensam, e sim High Dynamic Range. Na verdade, o termo correto é HDRI, sendo o "I", referente a "images". Se trata de um formato de imagem de 16, ou 32 bit por canal, RGBA,(A de Alpha, nos formatos open EXR). Com isso é possível armazenar informações de exposição das imagens, tornando possíveis maior gamma de cores, e de suas intensidades. A exposição e os reflexos melhoram consideravelmente tornando-os praticamente reais. A luz, que parece "estourar" quando se está dentro de uma caverna escura indo para fora, logo se ajusta, simulando a iris do olho se acontumando com a nova intensidade de luz, isso é possível nos jogos graças as imagens em 32-bit por canal, HDRI.

Comentário dos desenvolvedores[editar | editar código-fonte]

Além do HDR, 'Episode One também se utilizará do sistema de comentários, onde, quando a opção era marcada, itens adicionais apareciam no jogo para executar um comentário em aúdio. Os jogadores escutam os desenvolvedores falar sobre aquilo que estão vendo, o que está acontecendo, o que eles escolheram fazer, que tipo de dificuldades eles encontraram no desenvolvimento etc.. Os comentários são representados no jogo como um balão de histórias em quadrinhos flutuante. Para ouvir um comentário o jogador deve colocar sua mira sob o balão e apertar a tecla "enter". Para parar um comentário deve-se fazer a mesma coisa. Comandos podem ser executados no início e fim de um comentário. Em Lost Coast, também temos esta opção sobre os comentário, o mesmo é usado para habilitar e desabilitar a inteligência artificial dos inimigos.

A Valve planeja, devido a uma resposta positiva ao novo sistema, incluir o sistema de comentários em seus jogos futuros, apesar de ter afirmado a negativa. Observe este sistema também na primeira expansão de Half Life 2, Episode One.

Detalhes[editar | editar código-fonte]

Houve uma confusão sobre quem seria o personagem principal da expansão, inicialmente falou-se que seria Alyx, mas a informação foi desmentida pela Valve. Dog, o cachorro-robô de Alyx, também chegou a ser candidato, mas também foi negado.

No dia 10 de Fevereiro de 2005, Doug Lombardi, diretor de marketing da Valve Software, confirmou ao site Gamespot.com [2] a troca de nome da expansão de Aftermath para Episode One, sugerindo que diversos episódios adicionais serão lançados no futuro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]