Hamad bin Thuwaini de Zanzibar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hamad bin Thuwaini.

Hamad bin Thuwaini Al-Busaid, GCSI, (1857 - 25 de agosto de 1896) (em árabe: حمد بن ثويني البوسعيد) foi o quinto Sultão de Zanzibar. Ele comandou Zanzibar de 5 de março de 1893 a 25 de agosto de 1896.[1]

Sayyid Hamad foi casado com uma prima, sayyida Turkia bint Turki al-Said, filha de Turki bin Said, Sultão de Mascate e Omã. Hamid morreu subitamente às 11:40 de 25 de agosto de 1896, por muitos tendo sido envenenado por seu primo Khalid bin Barghash, que se autoproclamou novo sultão e manteve a posição por três dias antes de ser substituído pelo governo britânico após a Guerra Anglo-Zanzibari, de 40 minutos de duração.[2]

Títulos[editar | editar código-fonte]

[1]

Honras[editar | editar código-fonte]

[1]

Referências

  1. a b c Zanzibar
  2. Hernon, Ian. Britain's Forgotten Wars. Stroud, Gloucestershire: Sutton Publishing, 2003. 396–404 pp. ISBN 9780750931625
Precedido por
Ali bin Said
Sultão de Zanzibar
1893–1896
Sucedido por
Khalid bin Barghash
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Tanzânia é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.