Hamelin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hamelin
Hameln vor Anker.jpg
Brasão Mapa
Brasão de Hamelin
Hamelin está localizado em: Alemanha
Hamelin
Mapa da Alemanha, posição de Hamelin acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Baixa Saxônia
Distrito Hamelin-Pyrmont
Prefeito Susanne Lippmann
(sem partido)
Partido no poder parteilos
Estatística
Coordenadas geográficas 52° 06' 11" N 9° 21' 36" E52° 06' 11" N 9° 21' 36" E
Área 102,30 km²
Altitude 68 m
População 58.872 (2005)
Densidade populacional 575 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo HM
Código postal 31785 – 31789
Código telefônico 05151
Endereço da prefeitura Rathausplatz 1
31785 Hameln
Website sítio oficial

Hamelin (em alemão: Hameln) é uma cidade da Alemanha no estado de Baixa Saxônia (Niedersachsen), capital do distrito de Hamelin-Pyrmont. Hamelin é cortada pelo rio Weser e localiza-se na região de colinas (Weserbergland) muito procurada por turistas andarilhos e ciclistas.[1] [2]

História[editar | editar código-fonte]

Hamelin em 1640.

No local onde se encontra a cidade havia um mosteiro, fundado em 851 D.C, ainda durante a alta Idade Média. Uma pequena vila cresceu em suas imediações e tornou-se uma cidade no século XII. A sua época de maior crescimento aconteceu no século XVII, quando em 1664 a cidade foi fortificada, sendo a fronteira do Ducado de Brunswick-Calenberg; em 1864 passou a fazer parte da Prússia.

No final da II Guerra Mundial, a cidade esteve nas manchetes de todo o mundo quando cerca de 200 nazistas, então internados na prisão de Hamelin, foram executados pelas forças britânicas, acusados de crimes de guerra. Entre eles estava Josef Kramer, o comandante do campo de concentração de Bergen-Belsen, bem como Irma Grese, parte integrante da guarda feminina das SS - as “Bestas de Belsen”.

O Flautista de Hamelin[editar | editar código-fonte]

Pintura mais velha de O Flautista de Hamelin, obra de Augustin von Moersperg, 1592.

A popularidade mundial da cidade veio através do famoso conto dos Irmãos Grimm, O Flautista de Hamelin, que narra a fábula medieval sobre a praga de ratos que infestou a cidade em 1284 e do flautista que a livrou dos ratos e hipnotizou e enfeitiçou suas crianças. O incidente narrado no conto se supõe ter acontecido neste ano do final do século XIII , e é baseado num fato real, provavelmente um pouco diferente do imortalizado na famosa história.

Apesar de Hamelin possuir uma bela arquitetura medieval com lindas construções desta época, o turismo existe mesmo em grande parte por causa da fama do popular conto, que todo domingo de verão é representado na cidade por atores locais nos lugares autênticos onde ele se passa, acompanhados por uma multidão de visitantes de todo o mundo.

Referências

  1. Bevölkerung der Gemeinden am 31. Dezember 2010 (em alemão) Landesbetrieb für Statistik und Kommunikationstechnologie Niedersachsen (LSKN).
  2. Statistisches Bundesamt – Gemeinden in Deutschland nach Bevölkerung am 31.12.2011 auf Grundlage des Zensus 2011 und früherer Zählungen (em alemão) Einwohnerzahlen auf Grundlage des Zensus 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons