Handley Page Victor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Victor
Handley Page Victor
Descrição
Fabricante Handley Page
Produção 1952-1963
Quantidade
produzida
86 unidade(s)
Primeiro voo 24 de dezembro de 1952
Entrada em serviço abril de 1958
Aposentado em 1993
Missão Bombardeiro, Avião de reabastecimento
Tripulação 5
Dimensões
Comprimento 35,05 m
Envergadura 33,53 m
Altura 8,57 m
Área (asas) 223,5 m²
Peso
Tara 40468 kg
Peso bruto máximo 93182 kg
Propulsão
Motores 4 x turbojatos Armstrong Siddeley Sapphire A.S. Sa.7
Força (por motor) 49,27 kN
Performance
Velocidade máxima 1009 km/h
Alcance bélico 9660 km
Tecto máximo 17000 m
Notas
Mais de 35 bombas de 450 kg (992 lb) ou
1 x bomba atômica de queda livre Yellow Sun
Fontes: Handley Page Aircraft since 1907[1]

O Handley Page Victor foi um bombardeiro a jato britânico produzido pela Handley Page Aircraft Company durante a Guerra Fria. Foi o terceiro e último dos chamados bombardeiros-V (V-bombers) que compunham as forças de dissuasão nuclear britânicas[2] . O outros dois bombardeiros-V eram o Avro Vulcan e o Vickers Valiant. Algumas aeronaves foram modificadas para reconhecimento estratégico com câmeras e radar. Depois da Marinha Real Britânica assumir a missão de dissuasão nuclear utilizando mísseis Polaris lançados de submarinos em 1969, muitos bombardeiros foram convertidos para aviões-cisterna para reabastecimento em voo. Foi utilizado nessa função durante a Guerra das Malvinas em 1982 e na Guerra do Golfo em 1991. O último Victor foi retirado de serviço em outubro de 1993.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Barnes, C.H. Handley Page Aircraft since 1907. London: Putnam, 1976. ISBN 0-370-00030-7.
  2. http://www.gatwick-aviation-museum.co.uk/victor/victor.html
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.