Hannya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hannya

Hannya (般若) é uma máscara dotada de dentes ameaçadores, boca grande e chifres. Existe um conceito de um inferno, no budismo japonês, em que Hannyas são a representação dos confusos sentimentos humanos como a paixão, ciúme, e ódio, todos capazes de transformar homens e mulheres nesse terrível monstro. O que justifica o por quê de atores do tradicional teatro japonês se utilizarem de tal máscara em suas performances nas representações das histórias (desde o século 14) para transmitir uma identidade, uma personalidade nebulosa aos seus personagens. Certamente, a Hannya é a máscara mais divulgada no Ocidente. Acredita-se que a máscara Hannya tem o poder de afugentar os maus espíritos.

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • Yoshimitsu do Tekken e Soul Calibur e Kunimitsu também do Tekken usam uma mascara Hannya na batalha.
  • O personagem Hannya do manga e anime Rurouni Kenshin usa uma mascara Hannya e seu nome vem dessa mesma mascara.
  • Hannya é a transcrição japonesa do termo sânscrito Prajna, que no Budismo designa a Sabedoria dos Budas. É o tema central do Sutra do Coração da Perfeição da Sabedoria, cujo título em japonês é "Hannya Shingyo".
  • No anime/mangá Toriko o protagonista consegue fazer uma imagem de um hannya como intimidação, muitas vezes também chamada de oni ou kishin

Referências[editar | editar código-fonte]

Aisf