Hans Magnus Enzensberger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Hans Magnus Enzensberger, Varsóvia (Polônia), em 20 de maio de 2006.

Hans Magnus Enzensberger (Kaufbeuren, 11 de novembro, 1929) é um poeta, ensaísta, tradutor e editor alemão. É também escritor sob o pseudônimo de Andreas Thalmayr, Linda Quilt, Elisabeth Ambras e Serenus M. Brezengang.

Enzensberger estudou literatura e filosofia nas universidades de Erlangen, Freiburg, Hamburgo e também em Sorbonne, Paris, recebeu seu doutorado em 1955.

Trabalhou como redator na rádio de Stuttgart e exerceu a docência até 1957, com o volume de poesias Verteidigung der Wölfe (Defesa dos Lobos).

Entre 1965 e 1975 foi membro do Grupo 47. Em 1965 criou a revista "Kursbuch" e desde 1985 edita a série literária Die andere Bibliothek.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Verteidigung der Wölfe (Defendendo os Lobos), poemas, 1957
  • Allerleirauh, poemas, 1961
  • Politik und Verbrechen (Política e Crime), ensaio, 1964
  • Deutschland, Deutschland unter anderm (Alemanha, Alemanha, entre outros), ensaio, 1967
  • Das Verhör von Habana (O interrogatório de Habana), prosa, 1970
  • Der kurze Sommer der Anarchie (O curto verão da anarquia) , romance, 1977
  • Buenaventura Durrutis Leben und Tod (Buenaventura Durrutis vida e morte), prosa, 1972
  • Gespräche mit Marx und Engel (Conversações com Marx e Engels), 1970
  • Palaver (Bajulação), ensaio, 1974
  • Mausoleum (Mausoléu), poemas, 1975
  • Der Untergang der Titanic (O naufrágio do Titanic), versículo, 1978
  • Polit (Migalhas), redações, 1982
  • Ach, Europa! (Ah, a Europa!), prosa, 1987
  • Zukunftsmusik (Futuro Música), poesia, 1991
  • Die Tochter der Luft (A filha do ar), ficção, 1992
  • Die Große Wanderung (A Grande Migração), redações, 1992
  • Wo warst du, Robert? (Por Onde Você Andou, Robert?), romance, 1996
  • Zickzack (Ziguezague), redações, 1997
  • Der Zahlenteufel, 1997
  • Numeropiru (O Diabo dos Números), romance, 1998
  • Zickzack (Ziguezague), redações, 2000

Prêmios (seleção)[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.