Harisu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Lee Kyung-eun (Lee Kyung-yup, Coréia do Sul, 17 de fevereiro de 1975), mais conhecida como Harisu, é uma cantora pop, modelo e atriz transsexual sul-coreana. Sua história de vida é bem singular, pois apesar de ter nascido do sexo masculino, desde de sua infância sempre se afirmou como sendo do gênero feminino, tendo se tornando a primeira artista transsexual de destaque na sociedade sul-coreana. Em 2002, tornou-se a segunda pessoa a ter a sua mudança de gênero reconhecida legalmente naquele pais. Seu nome artístico é uma adaptação da frase inglesa "hot issue".

Carreira[editar | editar código-fonte]

No início de 2001, Harisu ganhou certa atenção da mídia quando protagonizou um comercial de uma empresa de cosméticos. No mesmo ano, sua vida foi objeto de um documentário produzido pela emissora coreana de televisão KBS [1] . Ainda em 2001, ela lançou seu primeiro álbum "Temptation". Em 2002, lança seu álbum de maior sucesso "Liar", seguido por "Foxy Lady" (2004), "Harisu" (2006) e "Summer" (2006). Seu estilo musical varia entre o R&B, techno e o pop. Sua primeira aparição nos cinemas foi com "Yellow Hair 2", e sua mais recente aparição foi em "Possessed".

Notas e Referências

  1. "Ha Ri-Soo, Who Became a Woman: Story Behind" Documentário sobre a Harisu (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]