Harpa eólica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma harpa eólica no castelo de Baden Baden, na Alemanha.

A harpa eólica ou harpa de vento é um instrumento musical, mais precisamente um cordofone soprado.

Embora seja considerada como um instrumento musical, a harpa eólica não é “tocada” no sentido tradicional da palavra. Ela é geralmente colocada num sítio exposto ao vento, “tocando sozinha”.

A harpa eólica é constituída por um conjunto de cordas, cada uma delas de diferente espessura, montadas numa armação que funciona como caixa de ressonância. O instrumento é colocado numa janela (ou noutra abertura) de modo a que o vento seja direcionado para as cordas. O fluxo de ar ativa as cordas, fazendo-as vibrar, e como cada corda produz um nota diferente, vão-se formando acordes aleatoriamente.

Por causa do seu som místico, as harpas eólicas estiveram em voga no período do Romantismo. Foram depois gradualmente caindo em desuso, passando a constituir apenas elementos decorativos, ou como espanta-espíritos ou como mobile. Este instrumento não foi inserido no tratado de Hornbostel-Sachs em 1914.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Harpa eólica
Ícone de esboço Este artigo sobre um Instrumento musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.