Haskell Wexler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Haskell Wexler
Nascimento 6 de fevereiro de 1926 (88 anos)
Chicago, Illinois,
 Estados Unidos
Ocupação Diretor de Fotografia
Cônjuge Rita Taggart
Oscares da Academia
Melhor Fotografia
1967 - Who's Afraid of Virginia Woolf?
1977 - Bound for Glory
IMDb: (inglês) (português)

Haskell Wexler (6 de janeiro de 1926) é um diretor de fotografia estadunidense. Ele foi eleito como um dos dez mais influentes diretores de fotografia da história em uma pesquisa realizada com os membros do Sindicato Internacional de Cinematógrafos.[1]

Infância e educação[editar | editar código-fonte]

Wexler nasceu em Chicago, Illinois, em uma família judia. Ele estudou durante um ano na Universidade da Califórnia em Berkeley, antes de passar quatro anos e meio na Marinha Mercante dos Estados Unidos durante a II Guerra Mundial.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Depois de retornar da Marinha Mercante, ele e seu pai criaram um pequeno estúdio em Des Plaines, onde produziram filmes industriais até 1947, quando Wexler se tornou assistente de câmera.[2] Ele trabalhou em documentários, curtas, programas de televisão e comerciais de TV. Ele mais tarde iria co-fundar, junto com o também diretor de fotografia Conrad Hall, a Wexler-Hall, uma companhia produtora de comerciais.

Em 1963, Wexler trabalhou como diretor de fotografia em seu primeiro grande filme, America, America de Elia Kazan. Depois disso, ele continuou a trabalhar no cinema. Em 1966, ele foi o diretor de fotografia do filme Who's Afraid of Virginia Woolf?, vencendo o último Oscar Melhor Fotografia (Preto & Branco).

Seu segundo Oscar veio com o filme Bound for Glory (1976), uma biografia de Woody Guthrie (que ele havia conhecido na Marinha Mercante). Bound for Glory foi um dos primeiros filmes a fazer uso da Steadicam. Wexler também fez fotografias adicionais no filme Days of Heaven, que venceu o Oscar de Melhor Fotogragia para Néstor Almendros.

Wexler também dirigiu os filme Medium Cool (1969), Latino (1985) e From Wharf Rats to Lords of the Docks.

Em 1988, Wexler venceu o Independent Spirit Award pelo filme Matewan, também recebendo uma indicação ao Oscar. Seu trabalho no filme 61* (2001), lhe rendeu uma indicação ao Emmy Award.

Referências

  1. Top 10 Most Influential Cinematographers Voted on by Camera Guild. The Free Library (16 de outubro de 2003).
  2. HASKELL WEXLER. Internet Encyclopedia of Cinematographers.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]