Hassan Sheikh Mohamud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hassan Sheikh Mohamud
Presidente Somália Somália
Mandato 10 de setembro de 2012
a
Antecessor(a) Mohamed Osman Jawari
Vida
Nascimento 29 de Novembro de 1955 (58 anos)
Jalalaqsi (Hiiraan)
Dados pessoais
Partido Partido de Paz e Desenvolvimento
Profissão Educador

Hassan Sheikh Mohamud (somali: Xasan Sheekh Maxamuud árabe: حسن شيخ محمود, Jalalaqsi, Província de Hiiraan 20 de novembro de 1955) é um politico somali, ex-decano universitário, activista social e desde 10 de Setembro 2012 presidente do país. Pertence ao clã dos Hawiye que reside no sul e centro da Somália. Durante a guerra civil ele não fugiu.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Mohamud nasceu em Jalalaqsi na província de Hiiraan, onde começou sua educação primaria e religiosa. Em 1978 mudou-se para Mogadíscio para freqüentar o ensino secundário. Em 1981 Mohamud se formou Bacharel em tecnologia da Universidade Nacional da Somália. Em 1986 mudou-se para a Índia para participar de um programa de mestrado na Universidade de Bhopal. Lá, ele foi agraciado com o grau de mestre no ensino técnico em 1988. Voltou em seguida a sua terra.[2]

Quando a guerra civil começou em 1990, Mohamud serviu como homólogo para diversas ONGs, como a ONU na área de desenvolvimento. Inicialmente ele foi membro de um grupo de especialistas internacionais a avaliar o grau de destruição no sector da educação no país. Ele fez viagens extensivas na região para explorar a magnitude do colapso no sector da educação, um projecto da UNESCO em toda a Somália. Sua ênfase foi a componente de investigação no âmbito do projecto.[3]

Ele também trabalhou nos escritórios da UNICEF no centro e sul do país entre 1993 e 1995. 1999 ele é um dos fundadores do Instituto Somali de Gestão e Administração em Mogadíscio e trabalhou com várias organizações humanitárias internacionais na Somália. A instituição mais tarde se tornou a Universidade Simad (SIMAD), Mohamud servindo como decano até 2010.[4]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte, entrou para a política, formando o Partido de Paz e Desenvolvimento. Os membros do partido o elegeram como seu presidente para os próximos anos. A ideologia do partido está intimamente ligada à Irmandade Muçulmana. Em agosto de 2012, foi eleito membro do Parlamento no recém-formado Parlamento Federal Somali.[5]

Presidente[editar | editar código-fonte]

Em 10 de setembro, os deputados da Somália reunidos em Mogadíscio elegeram, na segunda volta e por esmagadora maioria, Hassan Sheikh Mohamud para o cargo de presidente do país.[6] Hassan Sheikh Mohamud obteve 190 contra 79 votos de Sharif Sheikh Ahmed, Presidente de transição somali que era considerado como favorito.[7]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Eleição de Mohamud como crucial para a transição política DN Online, 11 de setembro 2012
  2. The New President of Somalia, who is Hassan Sheikh Mahmoud? Al Shahid Network, 11 de setembro 2012 (en)
  3. The New President of Somalia, who is Hassan Sheikh Mahmoud? Al Shahid Network, 11 de setembro 2012 (en)
  4. The New President of Somalia, who is Hassan Sheikh Mahmoud? Al Shahid Network, 11 de setembro 2012 (en)
  5. The New President of Somalia, who is Hassan Sheikh Mahmoud? Al Shahid Network, 11 de setembro 2012 (en)
  6. Após duas décadas de guerra civil, Somália elege presidente Estado de São Paulo, 10 de setembro 2012
  7. Académico Hassan Sheikh Mohamud é o novo Presidente da Somália DW Online, 10 de setembro 2012

Weblinks[editar | editar código-fonte]

Anexo:Lista de presidentes da Somália