Hat Full of Stars

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hat Full of Stars
Álbum de estúdio de Cyndi Lauper
Lançamento Junho de 1993
Gravação 1992
Gênero(s) Pop, rock, funk, rock alternativo
Duração 52:50
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Epic Records
RK-40313
Produção Cyndi Lauper, Junior Vasquez, William Wittman
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Cyndi Lauper
Último
Último
The Best Remixes
(1989)
Twelve Deadly Cyns ...and Then Some
(1994)
Próximo
Próximo

Hat Full of Stars é o quarto álbum de estúdio da cantora Cyndi Lauper, lançado em 1993.

História[editar | editar código-fonte]

Lançado em 1993, ele desviou Cyndi Lauper de seu som pop-rock de projetos anteriores para pesadamente em música alternativa. Também promoveu Lauper do crescente talento para escrever canções sobre típicas questões sociais; tematicamente, foi inspirado por sua infância na década de 1950 em Brooklyn.

O álbum foi co-produzido pelo dançarino, músico e artista Junior Vasquez que era muito típico de seu trabalho da época. Como tal, muitas das canções são realizadas em conjunto pelos sintetizadores loops e percussão. Letras abordam questões como o aborto ("Sally's Pigeon"), racismo ("A Parte Hate") e violência doméstica ("Broken Glass").

Contudo, foi considerado uma decepção comercial nos Estados Unidos. Apesar da brilhante análise crítica, o álbum recebeu pouca ou nenhuma promoção, e que posteriormente chegou em # 112 na Billboard 200 Albums Chart. Os singles "That's What I Think", "Sally's Pigeons", Hat Full Of Stars e "Who Let in the Rain" foram liberados , o último o qual foi regravada em 2001 pora seu álbum Shine. De uma certa maneira foi em Hat Full of Stars que Cyndi Lauper definiria o estilo musical que passaria a seguir nos próximos 15 anos, dando lugar a trabalhos mais experimentais e sérios, assunto que divide até hoje a opinião de fãs e críticos no mundo todo. O álbum vendeu 5 milhão de cópias mundialmente.[carece de fontes?]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "That's What I Think" (Cyndi Lauper, Eric Bazilian, Rob Hyman, Allee Willis) – 4:39
  2. "Product of Misery" (Lauper, Bazilian, Hyman) – 4:11
  3. "Who Let in the Rain" (Lauper, Willis) – 4:37
  4. "Lies" (Lauper, Willis) – 3:40
  5. "Broken Glass" (Lauper, Marv DePeyer, Junior Vasquez) – 5:34
  6. "Sally's Pigeons" (Lauper, Mary Chapin Carpenter) – 3:48
  7. "Feels Like Christmas" (Lauper, Bazilian, Hyman) – 4:35
  8. "Dear John" (Lauper, Bazilian, Hyman) – 3:40
  9. "Like I Used To" (Lauper, Willis) – 4:28
  10. "Someone Like Me" (Lauper, Bazilian, Hyman, Willis) – 4:07
  11. "A Part Hate" (Lauper, Tom Gray,[David Thornton) – 4:56
  12. "Hat Full of Stars" (Lauper, Nicky Holland) – 4:28

Singles[editar | editar código-fonte]

# Título Data
1 "Who Let in the Rain" 1993
2 "Sally's Pigeons" 1993
3 "That's What I Think" 1993
4 "Hat Full of Stars" 1993


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Cyndi Lauper é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.