Heckler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde julho de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Um heckler (importuno ou impertinente em português) é uma pessoa que interrompe ou interfere uma apresentação, seja um espetáculo ou comício político.

Origem[editar | editar código-fonte]

Heckler é um termo de origem inglesa, usado para definir uma pessoa que interrompe locutores para discutir ou fazer perguntas embraçosas.

No Século XIX nos shows de vaudeville (ou teatro de revista como é conhecido em português), falsos Hecklers eram introduzidos em algumas apresentações, em geral brincando com a quarta parede, aonde os personagens saíam de seus papéis para interagir com o público.

Na comédia se tornaram comuns duelos de piadas entre comediantes no palco e pessoas da platéia, algumas vezes trocas de insultos humorosos.

Os hecklers se tornaram parte integral em algumas apresentações de comédia, principalmente o stand up comedy aonde se tornou comum em alguns países a interação de membros da plateia e até mesmo a capacidade de disputar com o público se tornou um referencial para qualidade de alguns comediantes.

Em países como Estados Unidos e Inglaterra, o heckler é aceito como parte do espetáculo e muitos comediantes incorporam em parte de seus espetáculos.

No Brasil, a atitude é considerada descortês em qualquer ocasião e motivo para a pessoa ser retirada do espetáculo, mesmo em espetáculos de stand up comedy não se vê com bons olhos a participação agressiva do público.

Comediantes[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Muitos comediantes gravaram participações de hecklers nas gravações das compilações de seus shows que eram vendidas.

No programa Seinfeld no episódio "The Red Dot", Jerry Seinfeld é interrompido duas em vezes em seu show comentando dos eventos do episodio.

No programa The Late Show com David Letterman existe um personagem na platéia que insulta quando considera que o programa não está interessante.

O comediante Andy Kaufman tinha todo um espetáculo baseado em irritar os espectadores sendo que não se sabia quando os hecklers faziam parte do espetáculo ou eram espectadores reais.

Alguns anos atrás no programa Altas Horas, Serginho Groisman introduziu um personagem que provocava os convidados para incentivar uma reação mais ativa da plateia.